CURSO: Captação de Recursos via SICONV

20 de agosto de 2018, 08h30 até 24 de agosto de 2018, 12h30
FEDERAÇÃO GOIANA DE MUNICÍPIOS - FGM - Goiânia, GO

Informações

TURMA MANHÃ

O Curso de visão geral e inclusão de propostas no SICONV destina-se à difusão, estudo e aprimoramento dos conceitos, princípios, legislação e práticas inerentes à gestão Pública, mais especificamente ao processo de captação de recursos de transferência Voluntárias disponibilizadas executadas através da ferramenta denominada SICONV. Tal necessidade se impõe, pois, ao contrário dos particulares que dispõem de ampla liberdade quando pretendem adquirir, alienar, locar bens, contratar a execução de obras e serviços, o Poder Público, para fazê-lo, necessita adotar um procedimento preliminar rigorosamente determinado e preestabelecido na conformidade da lei.

O objetivo é apresentar em linhas gerais o processo de captação de recursos tendo como tema central a Ferramenta utilizada pelo Governo Federal para realizar o processo de transferências voluntárias SICONV,

"O presidente Haroldo Naves ressalta a importância dos gestores se profissionalizem pois assim terão mais condições técnicas para planejar investimentos públicos, elaborar, executar projetos, fiscalizar e captar recursos, dentre outros."

Publico Alvo: Prefeitos, Prefeitas, GMC's e Gestores Municipais

Estudantes serão excluídos pelo sistema.

25 vagas sendo 01 por município

Carregando área de inscrição

Credenciamento

CREDENCIAMENTO

 

Data: 20 a 24 de Agosto de 2018
Horário: 08:00 às 12:30
Local: Auditório da FGM

FEDERAÇÃO GOIANA DE MUNICÍPIOS - FGM

Rua 102

Setor Sul, Goiânia - GO

74083-250

FEDERAÇÃO GOIANA DE MUNICÍPIOS - FGM

Rua 102

Setor Sul, Goiânia - GO

74083-250

SEGPLAN E FEDERAÇÃO GOIANA DE MUNICÍPIOS - FGM

A Federação Goiana de Municípios (FGM), antes Frente de Mobilização Municipalista (FMM) nasceu em 2001 por iniciativa de um grupo de prefeitos que com uma visão técnica, procuravam uma melhor forma de assessorar aos municípios do Estado de Goiás. Hoje, além de ter o reconhecimento dos prefeitos membros pelo serviço técnico prestado, também teve seu reconhecimento como de utilidade pública, pela Lei Estadual nº 16.604 de 03 de julho de 2007.

Lembrando que o contencioso existente entre os Municípios Goianos e o Governo do Estado necessita de atenção muito especial por parte dos Prefeitos, é que propomos a criação de uma Frente Apartidária de Municípios, que possa projetar-se em defesa da causa Municipalista.

Desta forma, vislumbramos uma entidade que seja além de crítica e reivindicativa, que seja capaz também de ser propositiva, encaminhando soluções para os graves problemas que assolam os Municípios Goianos.

Vislumbramos mais ainda, uma entidade que, ao par da defesa intransigente do Municipalismo, sem preconceitos ou fobias, se posicione acima das questões partidárias, uma entidade cujo alinhamento automático seja, única e exclusivamente, com o povo de nosso Estado.

Assim sendo, se a Frente de Mobilização Municipalista não se propõe a ser oposição sectária a quem quer que seja, também não abre mão de atuar como parceira crítica das políticas oficiais. Sempre visando, acima de tudo, o desenvolvimento social, econômico e cultural dos Municípios