II Congresso Diproling Línguas em trânsito: desafios e perspectivas para professores e formadores e II Colóquio Ensino de Línguas Estrangeiras em Contexto Universitário

II Congresso Diproling Línguas em trânsito: desafios e perspectivas para professores e formadores e II Colóquio Ensino de Línguas Estrangeiras em Contexto Universitário

Faça sua inscrição
De 29 a 31 de outubro Todos os dias das 15h às 20h
Campinas, SP Universidade Estadual de Campinas

Sobre o Evento

O Centro de Ensino de Línguas da Universidade Estadual de Campinas (CEL/UNICAMP), em colaboração com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e os demais parceiros brasileiros[1] e franceses do projeto DIPROlínguas (CAPES-COFECUB)[2], reunirá dois eventos que pretendem pretendem proporcionar o encontro de profissionais que atuam no Brasil e no exterior nas áreas de pesquisa e ensino de línguas estrangeiras, intercompreensão entre línguas aparentadas, interculturalidade, plurilinguismo e educação bilíngue.

Objetivos: incentivar a pesquisa sobre conceitos e abordagens de interesse do projeto DIPROlínguas no decorrer do seu segundo ano de atividades; apresentar os desdobramentos das ações realizadas anteriormente.

Público: embora se insira no rol das atividades do projeto DIPROlínguas, a presente chamada contempla toda a comunidade dxs pesquisadorxs e docentes interessadxs nas temáticas abordadas, que atuam no Brasil, na América Latina, na Europa e em outros países.

O projeto DIPROlínguas almeja estudar o impacto de um ensino baseado nas relações de parentesco linguístico e na capacidade de reflexão sobre a linguagem, sobre as línguas de escolaridade e outras línguas, pertencentes à família românica ou não, presentes no entorno e/ou no repertório dos alunos: línguas do substrato (indígenas, regionais), línguas de herança, línguas de sinais (Libras, LSF, ASL), línguas dos migrantes, outras línguas adicionais.

Cabe ressaltar que o projeto contempla diferentes contextos educativos no Brasil e na França, do ensino básico ao ensino superior. O ponto em comum entre os campos de pesquisa abordados e as iniciativas pedagógicas desenvolvidas é o fato de colocarem no centro da proposta o parentesco linguístico e cultural, isto é, as percepções de analogias e diferenças por parte de professores e alunos ao longo de processos comparativos.

Local

Universidade Estadual de Campinas - 13083-859, Praça Sérgio Buarque de Holanda, Cidade Universitária, Campinas, São Paulo,

Organizador

CAPES COFECUB