IV Seminário Internacional História do Tempo Presente

IV Seminário Internacional História do Tempo Presente

Faça sua inscrição
De 17 a 19 de março Todos os dias das 10h00 às 22h00
Evento online O link do evento ainda não foi informado

Sobre o Evento

Prezadas (os),

Em função da pandemia causada pelo Covid-19 o IV Seminário Internacional de História do Tempo Presente acontecerá nos dias 17, 18 e 19 de março de 2021 na modalidade online. Estávamos empenhados em realizar o evento presencialmente, no entanto, sem a certeza de que poderemos nos encontrar com segurança no primeiro semestre do próximo ano, decidimos confirmar a sua realização em formato virtual. Nosso compromisso é com o debate qualificado, com a troca de experiências, com o aprofundamento teórico e metodológico das pesquisas em desenvolvimento no campo da história do tempo presente. Por isso, asseguramreremos que o evento ocorra com a mesma qualidade dos realizados anteriormente, contando com conferencistas e palestrantes internacionais, com Simpósios Temáticos afinados com as linhas de pesquisa em desenvolvimento em nosso Programa de Pós-Graduação e com a necessária interlocução com pesquisadoras e pesquisadores do Brasil e do mundo.

Informações sobre as inscrições:

Permanecem válidas as inscrições cujo pagamento foi efetivado. Novo cronograma com novas datas para pagamento e submissão de propostas para Simpósios Temáticos que ainda possuem vagas já se encontra disponível aqui.

ATENÇÃO: O pagamento de inscrição envolve a concordância com a sua realização na modalidade virtual.

Atenciosamente,
Comissão Organizadora do IV Seminário Internacional História do Tempo Presente



O Seminário Internacional História do Tempo Presente é uma iniciativa do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade do Estado de Santa Catarina e objetiva aproximar pesquisadores/as de diversos países capazes de contribuir tanto para a compreensão de fenômenos históricos transcorridos ao longo do século XX e início do século XXI como para a reflexão sobre os desafios teóricos e metodológicos de uma História do Tempo Presente.

O evento é promovido a cada três anos, desde 2011. A 4ª edição ocorrerá nos dias 17, 18 e 19 de março de 2021 e seu formato foi pensado para garantir participações em níveis diferenciados, sem abrir mão da qualidade das discussões.



Comissão Organizadora

Carlos Eduardo Pereira de Oliveira
Carolina Wanderley Van Parys de Wit
Caroline Jaques Cubas
Fernanda Oliveira da Silva
Glaucia de Oliveira Assis
Igor Lemos Moreira
Janice Gonçalves
Kelly Caroline Noll da Silva
Luciana Rossato
Mariana Joffily
Rogério Rosa Rodrigues

Programação

10h00 Estudos Feministas e História do Tempo Presente: (re) pensar a subalternidade, interseccionalidade e o pós-colonialismo a partir das questões contemporâneas Conferência
Estudos Feministas e História do Tempo Presente: (re) pensar a subalternidade, interseccionalidade e o pós-colonialismo a partir das questões contemporâneas
Local: Auditório Tito Sena - Faed/Udesc

Christelle Taraud é historiadora e feminista, especialista em mulheres, gênero e sexualidades em contexto colonial. Leciona nos programas parisienses da Columbia University e New York University, e associada ao Centro de História do Século XIX (Centre d'histoire du XIXe siècle) (Paris-I, Paris-IV). Ela é autora de: A Prostituição Colonial: Argélia, Tunísia, Marrocos, 1830-1962 (La Prostitution coloniale. Algérie, Tunisie, Maroc, 1830-1962 [Payot, 2003 et 2009], sem tradução para o português) e Amor Proibido: prostituição, marginalidade e colonialismo, Maghreb, 1830-1962 (Amour interdit. Prostitution, marginalité et colonialisme. Maghreb, 1830-1962 [Payot, 2012], sem tradução para o português). Ela também é uma das orgazniadoras de Sexo, Raça e Colônias: a dominação dos corpos do século XV até os dias atuais (Sexe, race et colonies. La domination des corps du xve siècle à nos jours [La Découverte, 2018], sem tradução para o português) e Sexualidades, Identidades e Corpos Colonizados (Sexualités, identités et corps colonisés [Éditions du CNRS, 2019], sem tradução para o português).

19h00 La Historia del presente en México, construcción y definición de un campo histórico Conferência
La Historia del presente en México, construcción y definición de un campo histórico
Local: Auditório Tito Sena - Faed/Udesc

Eugenia Allier é pesquisadora titular do Instituta de Investigações Sociais (Instituto de Investigaciones Sociales) da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM) e docente no Colégio de Estudos Latinoamericanos da FFyL na mesma universidade. Doutora em História pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, e realizou pós-doutorado no Instituto de Investigaciones Filosóficas da UNAM. Integra o Sistema Naiconal de Investigadores do México.

É autora de "Batalhas pela memória: os usos políticos do passado recente no Uruguai" (Batallas por la memoria. Los usos políticos del pasado reciente en Uruguay, 2010, sem tradução para o português), que ganhou Menção Honrosa do concurso "Mejor libro en Historia Reciente y Memoria 2012" da sessão “Historia Reciente y Memoria” da Latin American Studies Association (LASA). Além disso, foi nomeada na Cátedra de Estudos do México Contemporâneo da Universidade de Montreal, Canadá. Atualmente, dirige o projeto de pesquisa “Hacia una historia del presente mexicano: régimen político y movimientos sociales, 1960-2010” (PAPIIT IN401817).

14h00 Simpósios Temáticos Simpósio Temático
Local:  Online                            

14h00 Simpósios Temáticos Simpósio Temático
Local:  Online                            

14h00 Simpósios Temáticos Simpósio Temático
Local:  Online                            

19h00 Mesa Redonda: Políticas e poéticas de memória Mesa-redonda
Mesa Redonda: Políticas e poéticas de memória
Local: Online

Coordenada pela professora Janice Gonçalves (UDESC) e tendo como referência, sobretudo, experiências na América do Sul, a mesa propõe abordar as interações entre a constituição de políticas de memória (hegemônicas ou não hegemônicas) e atos performativos, quer estes últimos mobilizem agentes institucionais do campo das artes e do campo patrimonial, quer enfoquem e projetem fazeres artísticos populares.

As integrantes da mesa serão as professoras Janice Gonçalves (UDESC), Ana Maria Sosa González (Ufpel) e Paola Helena Acosta Sierra (Universidad Politécnico Grancolombiano).

09h00 Mesa Redonda: Mobilidades contemporâneas, o medo do 'outro' e intolerância Mesa-redonda
Mesa Redonda: Mobilidades contemporâneas, o medo do "outro" e intolerância
Local: Online

Coordenada pela professora Glaucia de Oliveira Assis (UDESC), a mesa pretende discutir, a partir a produção que cruza perspectivas da história transnacional, da Antropologia das mobilidades e da sociologia - o medo do ''outro'', buscando compreender os contextos nas sociedades de acolhimento que produzem hierarquias entre os migrantes desejáveis e os indesejáveis - aqueles que vivenciam situações de preconceito, discriminação, intolerância e xenofobia que marcam muitos encontros nos trânsitos contemporâneos de pessoas, assim como os discursos sobre os imigrantes constroem estas distinções.

As/os integrantes da mesa serão as professora Gláucia de Oliveira Assis (UDESC), o professor Luiz Fernando Beneduzi (Università Ca Foscari Venezia), e a professora Menara Lube-Guizardi (CONICET, Universidad Nacional de San Martin , Instituto de Altos Estudios Sociales).

19h00 Mesa Redonda: Política e religião(ões): interfaces para o estudo da História do Tempo Presente Mesa-redonda
Mesa Redonda: Política e religião(ões): interfaces para o estudo da História do Tempo Presente
Local: Online

Coordenada pela professora Caroline Jaques Cubas (UDESC), a mesa pretende promover uma discussão acerca das articulações entre Política e Religião através da mirada da História do Tempo Presente. Tais articulações, ainda que possam ser pensadas em uma temporalidade estendida (e em vinculações políticas distintas) tem ganhado visibilidade nos últimos anos em função da ascensão de grupos neoconservadores (majoritariamente católicos e neopentecostais) que angariaram espaços de atuação política e tem influenciado fortemente em definições concernentes às políticas públicas para a saúde e educação (não apenas no Brasil).




As integrantes da mesa serão as professoras Caroline Jaques Cubas (UDESC), Profa. Cláudia Touris (Universidade de Buenos Aires/Universidade de Lujan) e o Prof. Ricardo Mariano (Universidade de São Paulo).

09h00 Mesa Redonda: História do Tempo Presente e ensino de história Mesa-redonda
Mesa Redonda: História do Tempo Presente e ensino de história
Local: Online

As implicações epistemológicas e éticas de ensinar história no tempo presente é o tema dessa mesa redonda coordenada pelo Prof. Rogério Rosa Rodrigues (UDESC). Para além da pertinência científica da proposta, será ressaltada as suas implicações políticas e sociais. A história, e a história do tempo presente em particular, se encontra em campo de luta, apropriações e usos que não se restringem ao âmbito disciplinar.

As integrantes da mesa serão as professoras Rogério Rosa Rodrigues (UDESC), Profa. Ana Zavala (Centro Latinoamericano de Economia Humana) e o Prof. Marcelo Rangel (Universidade Federal de Ouro Preto).

Apoio

Organizador

Comissão Organizadora do IV Seminário Internacional História do Tempo Presente