I Seminário Nacional de Saúde da População Negra na Atenção Primária à Saúde

I Seminário Nacional de Saúde da População Negra na Atenção Primária à Saúde

13/05/1888 a 13/05/2009: Do mito da abolição da escravatura à Politica de Saúde Integral da População Negra - Estamos combatendo o racismo na saúde?

Faça sua inscrição
De 17 a 19 de maio Todos os dias das 18h às 12h
São Paulo, SP Universidade São Caetano do Sul - Campus Bela Vista, São Paulo, SP

Sobre o Evento

Com os 10 anos daPolitica Nacional de Saúde Integral da População Negra, oGrupo de Trabalho de Saúde da População Negra da SBMFC promove,em maio de 2019, o I Seminário de Saúde da População Negra na APS. O evento reuniráMédicas e Médicos de Família e Comunidade, residentes, estudantes e todesprofissionais de saúde da Atenção Primária para discutir as influências do Racismo no processosaúde e doença da população negra, nosso papel no combate ao Racismo Intitucional na saúdee refletir ações e ferramentas para oferecer cuidado integral e com equidade para a população.

Programação

18h00 Solenidade de Abertura Sessão Solene
Local: Auditório

ATENÇÃO!

Pensando no grande público que não conseguiu se increver para o seminário, mas gostaria de ter a oportunidade de ver e ouvir Fernanda Lopes, Luis Eduardo Batista e Lia Vainer Schucman, temos uma novidade:

FAREMOS A SOLENIDADE DE ABERTURA E A MESA RACISMO E SAÚDE NO AUDITÓRIO DA UNIVERSIDADE UNINOVE - RUA VERGUEIRO 235/249 - LIBERDADE, SÃO PAULO, SP.

Para aqueles que quiserem participar da mesa de abertura e não estão inscritos no evento, pedimos por favor que se inscrevam para essa atividade no link: https://forms.gle/9CEHRa5jQgF49b7p7

 

O GT de Saúde da População Negra e a Comissão Organizadora do I Seminário saudam os Apoiadores e dão as boas vindas a todos os participantes do Seminário.

19h00 Mesa - Racismo e Saúde Mesa-redonda
Local: Universidade UNINOVE - Campus Vegueiro - RUA VERGUEIRO 235/249 - LIBERDADE, SÃO PAULO, SP

ATENÇÃO!

Pensando no grande público que não conseguiu se increver para o seminário, mas gostaria de ter a oportunidade de ver e ouvir Fernanda Lopes, Luis Eduardo Batista e Lia Vainer Schucman, temos uma novidade:

FAREMOS A SOLENIDADE DE ABERTURA E A MESA RACISMO E SAÚDE NO AUDITÓRIO DA UNIVERSIDADE UNINOVE - RUA VERGUEIRO 235/249 - LIBERDADE, SÃO PAULO, SP.

Para aqueles que quiserem participar da mesa de abertura e não estão inscritos no evento, pedimos por favor que se inscrevam para essa atividade no link: https://forms.gle/9CEHRa5jQgF49b7p7

A mesa Racismo e Saúde vai abordar o Racismo Estrutural como questão de saúde pública no nosso país e seus impactos na saúde da população negra. A mesa também promove a discussão dos avanços e desafios da implementação da Politica Nacional de Saúde Integral da População Negra após 10 anos de seu lançamento e ainda o papel da branquitude na perpetuação do racismo e no seu combate. A mesa contará com três exposições e espaço para debate posteriormente:

1- Racismo Estrutural - FERNANDA LOPES

2 – Avanços e Desafios da PNSIPN após 10 anos de seu lançamento - LUÍS EDUARDO BATISTA

3 – Discutindo Branquitude e seu papel no combate ao Racismo - LIA SCHUCMAN

08h00 - Emiliano de Camargo David Mesa - Saúde Mental e População Negra Mesa-redonda
Local: Auditório

Essa atividade tem o intuito de ter um olhar integral e racializado para o sofrimento e diagnósticos em saúde mental e para o cuidado em saúde ofertado para a população negra. A mesa contará com três exposições, seguidas de espaço para debate:

1 -  Epidemiologia de saúde mental em população negra, o que estamos produzindo no Brasil e como se dá a entrada na rede de saúde mental da população Negra.

2 -  Subjetividade de tornar-se negro.

3 - Abordagem clínica racializada

10h30 Departamento de apoio á Gestão Participativa e ao Controle Social (DAGEP) do Ministério da saúde apresentam novos materiais e pesquisas em SPN Mesa-redonda
Local: À definir
13h30 Mesa - Mulher e negra: esteriotipos, opressões e saúde Mesa-redonda
Local: Auditório

Essa atividade se propõe a debater as especificidades de ser mulher e negra no nosso país e como essa dupla opressão se apresenta no processo de saúde e doença dessa população. A mesa contará com três exposições e espaço para debate com o publico posteriormente.

1 - Panorama do conceito e a subjetividade da mulher negra; 

2 – Direitos sexuais e reprodutivos da mulher negra; 

3 – A Solidão da Mulher negra;

4 - Como abordar Interseccionalidades na prática?

16h00 As doenças negligenciadas da pobreza tem COR Mesa-redonda
Local: À definir
17h30 Encontro de Pesquisadorxs e Formadorxs em Saúde da População Negra na Atenção Primária à saúde Roda de Conversa
Local: Sala à definir

Esse espaço prente unir pesquisadoras e pesquisadores em saúde da população negra e docentes em saúde da população negra para trocas de experiências e construção de uma rede de contato e apoio para o avanço da pesquisa e ensino sobre saúde da população negra na tenção Primária à saúde.

09h00 Encontro do Grupo de Trabalho de saúde da População Negra Fórum
Local: Auditório

O Grupo de Trabalho terá um espaço para discutir sua organização e programação para o ano de 2019/2020, avaliação do grupo desde sua formação e caminhos a serem seguidos diante da atual conjuntura nacional.

08h00 A sua consulta tem cor? Oficina
Local: À definir
08h00 Anemia Falciforme na Atenção Primária à Saúde Oficina
Local: À definir
10h30 - Emiliano de Camargo David OFICINA - Masculinidade, saúde mental e racismo Oficina
Local: Sala à definir
10h30 OFICINA - Saúde da população negra privada de liberdade Oficina
Local: Sala à definir
10h30 OFICINA - Saúde da população negra em situação de rua Oficina
Local: Sala à definir
10h30 OFICINA - Saúde da população negra LGBT Oficina
Local: Sala à definir
13h30 Implantação da PNSIPN em Porto Alegre - Vivências e Experiências do processo Oficina
Local: À definir
13h30 Oficina - Branquitude e a abordagem do racismo na APS Oficina
Local: À definir
16h00 OFICINA - Assistência ao Pré Natal e Puerpério da Mulher Negra Oficina
Local: Sala à definir
16h00 - Emiliano de Camargo David OFICINA - Racismo na infância e adolescência Oficina
Local: Sala à definir
16h00 OFICINA - Queixas dermatológicas da população negra na APS Oficina
Local: Sala à definir

Essa oficina pretende debater e rever a apresentação de afeccções dermatologicas comuns na APS, sua apresentação e especificidades na pele negra e possibilidades de manejo.

16h00 OFICINA - Práticas de saúde e Religiões de Matriz Africana Oficina
Local: Sala à definir

Local

Universidade São Caetano do Sul - Campus Bela Vista, São Paulo, SP - 01327-000, Rua Treze de Maio, 681, Bela Vista, São Paulo, São Paulo,

Organizador

GT Saúde da População Negra da Sociedade Brasileira de Medicina de Familia e Comunidade