II FÓRUM GOIANO DE GESTORES MUNICIPAIS

12 de dezembro de 2018, 13h30 - 23h00
Espaço de Eventos Master Hall - Goiânia, GO

Informações

A atuação da Federação Goiana de Municípios - FGM é voltada à representação político-institucional dos Municípios junto aos governos Estadual e Federal, buscando fortalecer a qualidade do desenvolvimento municipal através de políticas públicas integradoras nas escalas local, regional e nacional.

Tendo em vista os desafios enfrentados pelos prefeitos a frente das administrações municipais, a FGM realizará dia 12 de dezembro, a partir das 14h Espaço de Eventos Master Hall o II FÓRUM GOIANO DE GESTORES MUNICIPAIS “Desafios e Perspectivas frente às Administrações Municipais”, em sua segunda edição em Goiás. (Este projeto é voltado especialmente aos prefeit@s, primeiras damas, primeiros cavalheiros, secretári@s de saúde, turismo e procuradores municipais, cujo objetivo é sensibilizar e capacita-los para uma gestão administrativa equilibrada e para o qual convidamos o companheiro (a) prefeito (a) e sua equipe a participar deste importante evento).

PROGRAMAÇÃO

(Sujeita a alteração)

13:00 Credenciamento

14:00 Abertura Oficial

14:45 O Turismo como vetor de desenvolvimento municipal – Captação de Investimentos e Financiamentos – CNM e Ministério do Turismo.

15:45 O Empreendedorismo na Gestão Pública Municipal – Dr. Luiz Barreto Filho

16:45 Coffe Breack

17:00 Judicialização da Saúde – A intersetorialidade como forma de qualificar as demandas judiciais da saúde – Mediador: Glademir Aroldi, presidente da Confederação Nacional de Municípios – CNM.

Debatedores: Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Desembargador Dr. Martin Schulze, Tribunal de Justiça de Goiás, Juiz de Direito Dr. Liciomar Fernandes da Silva, Justiça Federal em Goiás, Dr. José Goudinho Filho e Ministério Público de Goiás, Procurador Geral de Justiça, Dr. Benedito Torres.

19:00 Solenidade – Entrega de Comendas da Ordem ao Mérito Municipalista a autoridades dos Governos Federal e Estadual;

20:00 Jantar de confraternização

Carregando área de inscrição

Palestrantes

Saiba mais

Eduardo Claudio Madeira,

Saiba mais

Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho

Saiba mais

Glademir Aroldi

Programação:

Credenciamento Abertura

Abertura oficial Abertura

Palestra: “PRODETUR+TURISMO: Apoio e Fomento aos Projetos de Desenvolvimento e Estruturação do Setor Turismo no Brasil” Palestra · Eduardo Claudio Madeira,

O Empreendedorismo na Gestão Pública Municipal Palestra · Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho

Coffe Break Coffee break

Judicialização da Saúde – A intersetorialidade como forma de qualificar as demandas judiciais da saúde. Roda de Conversa · Glademir Aroldi

Solenidade - Comendas da Ordem Municipalista Comissão Organizadora

Jantar de Confraternização - Nossa Força vem dos Municípios Jantar

Credenciamento

CREDENCIAMENTO

12/12/2018

LOCAL: ESPAÇO DE EVENTOS MASTER HALL

13:30

Espaço de Eventos Master Hall

R. 23, 40 - Jardim Santo Antônio, Goiânia - GO, 74853-360

Jardim Santo Antônio, Goiânia - GO

74853-360

Espaço de Eventos Master Hall

R. 23, 40 - Jardim Santo Antônio, Goiânia - GO, 74853-360

Jardim Santo Antônio, Goiânia - GO

74853-360

FEDERAÇÃO GOIANA DE MUNICÍPIOS

A Federação Goiana de Municípios (FGM), antes Frente de Mobilização Municipalista (FMM) nasceu em 2001 por iniciativa de um grupo de prefeitos que com uma visão técnica, procuravam uma melhor forma de assessorar aos municípios do Estado de Goiás. Hoje, além de ter o reconhecimento dos prefeitos membros pelo serviço técnico prestado, também teve seu reconhecimento como de utilidade pública, pela Lei Estadual nº 16.604 de 03 de julho de 2007. Lembrando que o contencioso existente entre os Municípios Goianos e o Governo do Estado necessita de atenção muito especial por parte dos Prefeitos, é que propomos a criação de uma Frente Apartidária de Municípios, que possa projetar-se em defesa da causa Municipalista. Desta forma, vislumbramos uma entidade que seja além de crítica e reivindicativa, que seja capaz também de ser propositiva, encaminhando soluções para os graves problemas que assolam os Municípios Goianos. Vislumbramos mais ainda, uma entidade que, ao par da defesa intransigente do Municipalismo, sem preconceitos ou fobias, se posicione acima das questões partidárias, uma entidade cujo alinhamento automático seja, única e exclusivamente, com o povo de nosso Estado. Assim sendo, se a Frente de Mobilização Municipalista não se propõe a ser oposição sectária a quem quer que seja, também não abre mão de atuar como parceira crítica das políticas oficiais. Sempre visando, acima de tudo, o desenvolvimento social, econômico e cultural dos Municípios.

 

Haroldo Naves

Presidente da FGM

Eduardo Claudio Madeira,

Coordenador Geral de Planejamento Territorial do Turismo


Coordenador Geral de Planejamento Territorial do Turismo, é graduado em economia, pela Universidade Estadual de Londrina-UEL, com pós-graduação em administração e marketing pela Universidade Norte do Paraná-UNOPAR. É ainda, especialista em Planejamento e Execução de Projetos e especialista em Finanças. Aos 48 anos, acumula experiência no setor público, atuando há 14 anos com planejamento, preparação, negociação e execução de projetos com financiamento internacional e contrapartida nacional, sendo analista financeiro de projetos, no Ministério da Fazenda, no período de 2004 a 2009, especialista em projetos e finanças, no Ministério de Minas e Energia, de 2009 a 2012. Ele foi, ainda, Coordenador Geral da Unidade de Coordenação de Programas, no Ministério do Turismo, no período de 2012 a 2015. É ex-funcionário do Banco do Brasil, onde atuou por 13 anos, nas áreas de financiamento rural, recuperação de crédito e negociação de carteira de produtos. Atuou no setor privado por 5 anos, onde trabalhou como operador de crédito no Banco BBA Creditanstalt e como gerente de relacionamento e negócios, no Itaú-Unibanco.
 
Palestra: Apoio e fomento aos projetos de desenvolvimento e estruturação do setor de turismo no Brasil
O PRODETUR+Turismo é um Programa de Governo que apoia os setores público e privado do turismo, no acesso a recursos provenientes de financiamentos nacionais e internacionais, para viabilizar a execução de projetos de estruturação do turismo, como uma das medidas para o desenvolvimento, fomento e investimentos no Setor Turismo, gerando empregos, renda e inclusão social.
A importância da atividade turística como indutora do desenvolvimento econômico e social, depende não somente da existência dos recursos naturais e culturais, mas de uma ação de planejamento e gestão eficaz e integrada entre o poder público e a iniciativa privada.
É preciso incorporar um conjunto de ações estruturadoras que elevem o nível de atratividade e de competitividade desses recursos, de modo a transformá-los, efetivamente, em produtos turísticos.
É primordial a formação de plataformas integradas de divulgação e promoção dos destinos, gerando economias de escala, a formação de parcerias consolidadas e a atração de investimentos privados.
O desafio é transformar os prévios processos de planejamento, em ações concretas de estruturação dos destinos turísticos.
Neste painel, são detalhadas as diretrizes, as parcerias, o acesso ao crédito e a obtenção do SELO+Turismo, no âmbito do Programa PRODETUR+Turismo!

 

Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho

Pontífica Universidade Católica


Luiz Barretto Filho é formado em sociologia pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo. Foi diretor presidente do Sebrae Nacional. Antes disso, já havia atuado na instituição, entre março de 2005 e março de 2007, como gerente nacional de Marketing e Comunicação.

Foi Ministro do Turismo no período de setembro de 2008 a dezembro de 2010. Exerceu o cargo interinamente entre junho e setembro de 2008. Também foi secretário executivo do Ministério entre março de 2007 e junho de 2008.

Sua vida pública teve início na década de 1980, na Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados) e no Cedec (Centro de Estudos de Cultura Contemporânea), ambos de São Paulo. Exerceu funções de direção nas prefeituras de São Paulo, São Vicente e Osasco, onde foi secretário de Indústria, Comércio e Abastecimento. No PT (Partido dos Trabalhadores), foi secretário?adjunto da SNAI (Secretaria Nacional de Assuntos Institucionais) do Diretório Nacional.

A frente do Sebrae, Barretto focou no empreendedorismo como forma de redução da desigualdade social do Brasil, com especial oportunidade de crescimento para jovens e mulheres.

Glademir Aroldi

CNM - Confederação Nacional dos Municípios


Ex-prefeito de Saldanha Marinho (RS), Glademir Aroldi foi eleito para assumir a liderança da Confederação Nacional de Municípios (CNM) na gestão 2018-2021. Aroldi tem graduação em gestão pública e traz em sua bagagem a vivência da realidade municipalista.

Foi vereador em seu Município de origem, Saldanha Marinho, entre os anos de 1989 e 1992. Em 1993, Aroldi foi eleito prefeito do Município, cargo que ocupou por mais dois mandatos – 2001 a 2004 e 2005 a 2008. Assumiu por duas vezes a liderança da Associação dos Municípios do Alto Jacuí (Amaja) e uma vez a do Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal dos Municípios do Alto Jacuí e da Serra do Botucarai (Comaja).

Ele também esteve no comando da Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande Grande do Sul (Famurs) nos anos de 2006 e 2007. À época, ele conduziu forte mobilização para pressionar o governo do Estado por mais recursos para o transporte escolar. A ação resultou no aumento significativo dos valores repassados aos Municípios gaúchos. Com a mobilização dos prefeitos, a proposta de repasse inicial do governo do Estado passou de R$ 11,9 milhões para R$ 41 milhões.

Na Confederação, o municipalista também tem uma história de luta e dedicação em prol do movimento municipalista. Ele foi o último 1º vice-presidente da entidade e, em outras gestões, já atuou como tesoureiro e representante da região Sul - participando ativamente das conquistas obtidas.