Festival Medicinas da Mãe Terra

Festival Medicinas da Mãe Terra

Faça sua inscrição
De 24 outubro a 1 de novembro Todos os dias das 09h00 às 20h00
Evento online Transmissão via Doity Play Você receberá o link de transmissão próximo ao evento.

Sobre o Evento

Quantas vezes sua grande missão se comunica contigo até que você ouça?
O Festival se comunicou muitas vezes comigo até que eu finalmente estivesse pronta pra ouvi-lo.
Certa vez veio bem claro pra mim que os saberes das raizeiras estavam ameaçados, pois muitas das suas filhas e netas não tinham interesse em seguir com essas medicinas, e como elas não tinham pra quem passar, toda essas preciosidades poderiam desaparecer…
Outra vez no Vale Sagrado de Los Incas, no Peru, num encontro de saberes com as abuelas andinas, vibrou no peito uma vontade de que conhecêssemos as anciãs sabias por aqui também.
Em outros momentos quando realizava encontros e vivências de mulheres, visualizava aquele círculo muito maior, com mulheres, homens e crianças de todos os cantos de Pachamama.
Ou quando morria e renascia num temazcal, ou cerimônia de medicina, e queria que todes tivessem a oportunidade de conhecer essas sagradas ferramentas ancestrais.
Pois bem, depois de tanto soprar no meu ouvido, um dia a coruja do festival gritou. Eu estava tomando banho (a água é uma medicina de muita conexão para mim) e a orientação foi passada clara como a água. Seu nome completo:Festival Sul Americano dos Sagrados Saberes Femininos, e toda a orientação da forma. Foi como um parto n’agua.
Compartilhei para algumas pessoas queridas a ideia, e todas elas de alguma forma fizeram parte do Festival, mas uma delas em especial abraçou junto esse sonho. Noelle se tornou a outra asa da coruja. E fomos nós duas juntas,com o apoio da Lis, que voamos as 4 edições do Festival Sul Americano, e 1 edição do Festival Brasileiro.
De 2014 a 2017 nossa vida foi o Festival.
E desde a primeira edição nos demos conta da grandeza desse rezo.
Não cabia em nossas mentes e em nada na terceira dimensão, tudo o que acontecia nos Festivais.
Vivíamos transbordamentos de amor e transformações coletivas, que eu nem sonhava que seriam capazes.
Vivíamos trocas tão profundas nesses dias, que sinto que o festival acontecia numa outra dimensão, um universo paralelo onde vivíamos a nossa real essência na terra.
Aprender com abuelas, mulheres medicinas, anciãs de diversas tradições, indígenas de diversas etnias,terapeutas artistas, e nesse mergulho ir de encontro a nossa luz, foi transformador por todas as vidas que foram tocadas pelo Festival.
Centenas de histórias de curas, de mudança de vida,de encontro com o propósito, de reconciliações consigo mesmo, e cortes com o que já não servia mais.
Mas em 2017,no auge da beleza e grandeza do Festival, a Coruja pediu uma pausa… Nossas vidas pediram que déssemos atenção a outros passos da nossa caminhada.
Eu senti que a coruja já tinha dado seu voo e o ciclo do Festival havia se encerrado.
Até que, das profundezas do inverno de 2020, em meio ao recolhimento da quarentena, na fase da minha anciã interna, a coruja voltou a se comunicar comigo.
Foram dias de sonhos e visualizações incessantes do festival,da coruja sábia,e de toda a energia manifestada nos festivais.

E a comunicação foi forte como a semente adormecida que rompe de dentro do inverno: “Estamos vivendo o parto de uma nova era,onde estamos aprendendo a SerVir sem nossos corpos.Onde a Presença está sendo reinventada, e onde todos esses saberes de luz,transmutarão a escuridão da ilusão.”
E a coruja,sacudiu suas imensas asas, cobertas de terra e raizes, e sem peso nem apego,alçou voo novamente.
Em 2020, em meio à uma das maiores pandemias da história, o Festival Sul Americano dos Sagrados Saberes Femininos-Medicinas da Mãe Terra, renasce e se reinventa, trazendo toda essa potência de alcance, do formato on line. E toda a equipe de mulheres maravilhosas do Saberes da Mãe Terra, entram junto nessa empreitada como produtoras (Naia, Bianca, Alina, Mari, Ana, Mokshita ,Flávia).


Serão mais de 50 encontros, oficinas, vivências, cerimônias e performances artísticas em 9 dias de muitas sabedoria,arte,amor e cura.
Dezenas de mulheres incríveis: Anciãs, Mulheres Medicina, Raizeiras, Indígenas, terapeutas, artistas.
De 24 de outubro a 1 de novembro, divididos da seguinte forma:


-De 24 a 28 encontros gravados,onde você poderá conhecer todas essas mulheres incríveis e se ambientalizar com seus trabalhos
-De 29/10 a 01/11 cerimônias, rituais, vivências, saraus, performances artísticas e rodas de canto ao vivo pra que você possa viver tudo isso em tempo real!
E todo o conteudo(gravado e ao vivo),ficará disponível por um mês inteirinho pra que você possa ver,rever e se inspirar!
E para que você possa reviver todo o campo energético do festival presencial,traremos orientações pra ambientalizar sua casa,seu corpo e seu campo,pra que possamos mergulhar juntes.Alem de disponibilizarmos kits especiais com medicinas de defumação,águas floridas,velas,banhos de ervas,para que te apoiem nesse processo.
Um abraço de asas com asas,e de coração com coração.
Amor e Gratidão!
Anna Sazanoff (Idealizadora do Festival)

***Parte da arrecadação do festival será destinadapara doação aos seguintes projetos:

Casa de Saberes da Dona Flor do Cerrado(Quilombo Moinho)
Aldeias Pataxos de Caraiva-BA
Aldeia Tupinambá de Olivença-BA
Doação de bioabsorventes para Presídio Feminino Agrícola de Piraquara-PR ( Movimento Plante sua Lua para Todas)
Curandeiras do litoral do Paraná (Projeto Eu Mais Velha)

***Para facilitar o acesso, trabalharemos com valores acessíveis, e a possibilidade de bolsas para pessoas em situação de vulnerabilidade social.
Para pessoas inscritas no cadunico, pode solicitar bolsa integral pelo email:festivalmedicinasdamaeterra@gmail.com

APÓS SUA INSCRIÇÃO E CONFIRMAÇÃO DE PAGAMENTO, VOCÊ RECEBERÁ UM EMAIL DE CONFIRMAÇÃO.
AS ORIENTAÇÕES A RESPEITO DE COMO ACESSAR O EVENTO SERÃO ENVIADAS POSTERIORMENTE, MAIS PRÓXIMO À DATA DE INÍCIO.

PARA CADA NOVA TRANSMISSÃO, VOCÊRECEBERÁ UM COMUNICADO EM SEU EMAIL

***Maiores dúvidas favor enviar email para:festivalmedicinasdamaeterra@gmail.com

Edições Anteriores

Organizador

Saberes da Mãe Terra