Mora na Filosofia: em pandemia. Literatura e Filosofia: escrever para pensar.

Faça sua inscrição
Sexta, 2 de outubro de 2020 Das 18:00 às 19:00
Evento online Clique aqui

Sobre o Evento

O projeto de extensão Mora na Filosofia, realizado desde 2010 em bares na cidade de Maceió, inicia sua versão virtual, devido ao distanciamento social provocado pela pandemia da Covid-19. O encontro do dia 02de outubro acontecerá às 19:00, no canal do projeto no youtube moranafilosofiaufal (www.youtube.com/moranafilosofiaufal).Nesse encontro virtual convidamos a Profa. Dra. Tércia Montenegro(UFC) que ministrará a palestra:Literatura e Filosofia: escrever para pensar.

Resumo.Nesta palestra, vamos debater sobre algumas proximidades da arte literária com o texto filosófico, a partir de autores selecionados. Inicialmente, partiremos de distinções específicas para categorizar o literário e, na sequência, veremos como o diálogo com a filosofia se estabelece não somente em termos de conteúdo, mas também de forma, com exemplos ilustrativos. Situações presentes no caso inverso, ou seja, no texto filosófico que apresenta “timbre literário”, serão igualmente aventadas, para uma reflexão mais produtiva.

Com relação aos certificadosos nomes e email´s d@s participantes serão coletados pela equipe do projeto durante a trasmissão on-line para compor a lista de frequência. Os nomes que não estiverem na lista de frequêncianão serão credenciados no site do evento da Doity.

Sobre a palestrante.Graduada em Letras, mestra em Letras e doutora em Linguística pela Universidade Federal do Ceará (UFC). É professora do Departamento de Letras Vernáculas da UFC e realizou estágio pós-doutoral na Université de Liège com o projeto intitulado A semiótica na fotografia de Tiago Santana. Começou sua carreira como ficcionista em 1998, com a publicação de O Vendedor de Judas, livro que atualmente está em sua quinta edição e recebeu o selo do Programa Nacional Biblioteca na Escola (PNBE), do MEC. Em 1999, ganhou a Bolsa para Escritores Brasileiros com Obra em Fase de Conclusão, da Biblioteca Nacional, e em 2000 venceu, com Linha Férrea, o prêmio Redescoberta da Literatura Brasileira, promovido pela Revista Cult. Este livro foi publicado no ano seguinte, em São Paulo, pela Lemos Editorial. Em 2005, publicou os contos de O resto de teu corpo no aquário, livro que foi premiado pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará. Em 2012, foi a vez de O tempo em estado sólido, volume que recebeu o prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura e o prêmio nacional Ideal Clube de Literatura, tendo sido selecionado pela primeira temporada de originais da editora Grua, de São Paulo. Em 2013, este livro foi finalista do Jabuti e do prêmio Portugal Telecom. Seus contos também integram várias antologias nacionais e estrangeiras, como 25 mulheres que estão fazendo a nova literatura brasileira (ed. Record), Contos cruéis: as narrativas mais violentas da literatura brasileira (Geração Editorial), Contos de agora (audiobook pela Livro Falante), Quartas histórias: contos baseados em narrativas de Guimarães Rosa (Garamond), Um rio de contos (Editorial Tágide, de Portugal), O conto brasileiro contemporâneo (ed. Laiovento, de Santiago de Compostela), Der schwarze Sonh Gottes – 16 Fußballgeschichten aus Brasilien (Assoziation A, de Berlim), Wir sind bereit. Junge Prosa aus Brasilien (Lettrétage, de Berlim) e Wenn der Hahn kräht – Zwölf hellwache Geschichten aus Brasilien (edition fünf, de Munique). Em 2015, lançou o romance Turismo para cegos, pela editora Companhia das Letras – uma obra que recebeu o incentivo do programa Petrobras Cultural e recebeu o prêmio Machado de Assis, da Fundação Biblioteca Nacional, como o melhor romance do ano. Também pela editora Companhia das Letras, publicou no ano passado o romance Em plena luz. Blog: http://literatercia.wordpress.com/

Organizador

João Dias; Marcus Souza; Maxwell Lima Filho; Marcus Matias

Docentes da Universidade Federal da Alagoas (UFAL)