A Reforma da Previdência e seus impactos para os trabalhadores da cultura

A Reforma da Previdência e seus impactos para os trabalhadores da cultura

Faça sua inscrição
Terça, 11 de junho de 2019 Das 17:00 às 20:00
João Pessoa, PB Sala de cinema Aruanda ,CCTA- Centro de Comunicação Cultura e Artes, campus I da UFPB

Sobre o Evento

Nosso primeiro tema: A Reforma da Previdência e seus impactospara os trabalhadores da cultura. Nesta mesa, um representante do Fórum de Produtores Culturais fará um panorama do mercado cultural paraibano. Em seguida, técnicos e juristas atuantes na área da previdência social e trabalhista apresentarão as bases técnicas da atual previdência, as mudanças sugeridas pela reforma e as consequências para os profissionais da área de cultura.

Teremos a presença dos debatedores:

  • Dina Faria (Fórum de Produtores Culturais de JP)

  • Edson Franco de Moraes (Departamento de Finanças e Contabilidade da UFPB)

  • Josineide Bezerra (Educação Básica, Técnica e Tecnológica/UFPB - Campus III)

  • José Godoy (Procurador do Ministério Público Federal)

  • Gilvanedja Mendes (ObservaCult - Mediação)

O evento terá carga horária equivalente à 4 horas.

Local

Sala de cinema Aruanda ,CCTA- Centro de Comunicação Cultura e Artes, campus I da UFPB - 58033-455, Universidade Federal da Paraíba, Campus I R. Ver. João Freire, 1, Castelo Branco, João Pessoa, Paraíba,

Organizador

Observatório de Políticas Culturais

O Observatório de Políticas Culturais (ObservaCult) é um grupo de estudo, ensino, pesquisa e extensão de natureza multidisciplinar e interinstitucional, cuja finalidade é considerar a Cultura enquanto dimensão central de organização e funcionamento da vida humana – dos indivíduos, grupos, comunidades e sociedade – no mundo contemporâneo e em seus diferentes territórios. Tem como missão estudar, analisar e contribuir prática e teoricamente sobre as políticas e a gestão culturais em âmbito nacional, regional, estadual e municipal, atuando em rede nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, além de fomentar o debate crítico e subsidiar as políticas públicas de cultura.