CONSULTA PÚBLICA - Registro das Configurações de Mão da Libras para o sistema SignWriting.

CONSULTA PÚBLICA - Registro das Configurações de Mão da Libras para o sistema SignWriting.

Proposta para complementar o Alfabeto Internacional SignWriting de Valerie Sutton & Adam Frost

Faça sua inscrição
De 27 abril a 29 de maio Todos os dias das 00h00 às 00h00
São Luís, MA CAS/MA & UFMA

Sobre o Evento

A presente pesquisa tem como objetivos investigar, registrar, organizar e compartilhar as Configurações de Mão (CM) da Língua Brasileira de Sinais (Libras) para a modalidade Escrita da Libras pelo sistema SignWriting, visando complementação do Alfabeto Internacional SignWriting proposto por Valerie Sutton e Adam Frost em 2010 nos Estados Unidos.
Esta iniciativa originou-se da necessidade de sanar a falta de muitos grafemas (símbolos) da Escrita da Libras-SignWriting, referente a representação gráfica das Configurações de Mão (CM) da Libras, nos principais softwares de produção textual, transcrição e registro da forma escrita da Libras pelo sistema SignWriting, como o software SignPuddle e SignMaker, dentre outros desenvolvidos pelo Programador e Analista de Sistemas Steve Slevinski. Esta pesquisa pode se tornar um importante passo para a comunidade surda brasileira, pois a maioria das obras publicadas para o público surdo produzidas em Libras na modalidade escrita são desenvolvidas via sistema computacional, ou seja, são utilizados os softwares específicos que possibilitam a produção textual em Libras pelo sistema SignWriting. No entanto, estes softwares não contemplam todos grafemas (símbolos) do sistema SignWriting referente a representação gráfica das CM da Libras, acarretando por sua vez, dificuldades para os escritores, tradutores e pesquisadores.

A presente pesquisa tem como objetivos investigar, registrar, organizar e compartilhar as Configurações de Mão (CM) da Língua Brasileira de Sinais (Libras) para a modalidade Escrita da Libras pelo sistema SignWriting, visando complementação do Alfabeto Internacional SignWriting proposto por Valerie Sutton e Adam Frost em 2010 nos Estados Unidos.

Esta iniciativa originou-se da necessidade de sanar a falta de muitos grafemas (símbolos) da Escrita da Libras-SignWriting, referente a representação gráfica das Configurações de Mão (CM) da Libras, nos principais softwares de produção textual, transcrição e registro da forma escrita da Libras pelo sistema SignWriting, como o software SignPuddle e SignMaker, dentre outros desenvolvidos pelo Programador e Analista de Sistemas Steve Slevinski. Esta pesquisa pode se tornar um importante passo para a comunidade surda brasileira, pois a maioria das obras publicadas para o público surdo produzidas em Libras na modalidade escrita são desenvolvidas via sistema computacional, ou seja, são utilizados os softwares específicos que possibilitam a produção textual em Libras pelo sistema SignWriting. No entanto, estes softwares não contemplam todos grafemas (símbolos) do sistema SignWriting referente a representação gráfica das CM da Libras, acarretando por sua vez, dificuldades para os escritores, tradutores e pesquisadores.

A primeira etapa desta pesquisa, consistiu em investigar, organizar e registrar as Configurações de Mão (CM) usadas pela comunidade surda das regiões onde residem os pesquisadores deste estudo, que foram os estados do Maranhão, Bahia e Santa Catarina, o resultado foram 34 (trinta e quatro) CM investigadas e registradas neste inventário. Neste ínterim, propomos a aplicação da segunda etapa, a qual desenvolvemos em forma de Consulta Pública nesta plataforma online (Doity.com.br), que envolve compartilhar o presente estudo com toda a sociedade, principalmente com a comunidade surda brasileira que utiliza a modalidade escrita da Libras pelo sistema SignWriting. Neste processo, esperamos incentivar muitos a compartilharem outras CM que ainda não constam neste inventário e nem no inventário proposto por Sutton & Frost, o qual está disponível para consulta aqui.
Por conseguinte, o resultado esperado com esse estudo é que as CM investigadas e catalogadas por meio do trabalho colaborativo mediante a consulta pública e por fim seus respectivos registros nesta pesquisa, sejam avaliadas e validadas pela inventora do sistema SignWriting, Valerie Sutton e sua equipe, para posteriormente serem implementadas nos principais softwares do referido sistema. Nesta perspectiva, todos os usuários brasileiros da Escrita da Língua de Sinais pelo sistema SignWriting poderão realizar qualquer produção no que tange às Configurações de Mão, sem se preocuparem com qual CM que será usada, pois, encontrarão disponíveis um número maior de seus respectivos grafemas (símbolos), e não precisarão buscarem medidas alternativas.

A Consulta Pública é destinada a toda comunidade surda no território nacional que usa a Escrita da Língua de Sinais pelo sistema SignWriting, e estará disponível até o dia 29 de maio de 2020.

Para participar é simples, o participante que identificar uma ou mais configuração(ões) da(s) mão(s) usada(s) pela comunidade surda brasileira, que não constar(rem) no Alfabeto Internacional de SignWriting 2010 (ISWA 2010) de autoria de Valerie Sutton e Adam Frost, que contem 261 Configurações de mão e nem no nosso inventário de novas CM, poderá fotografar, ou gravar um vídeo demonstrando a(s) configuração(ões) da(s) mão(s) identificada com o(s) seu(s) respectivos exemplo(s) e inserir nesta plataforma.

Caso tenha dúvida, poderá acessar o vídeo demonstrativo acima e também baixar os livros em pdf do Alfabeto Internacional de SignWriting 2010 (ISWA 2010) e o Inventário das novas Configurações de Mão proposto nesta pesquisa.

Gostaríamos de externar nossa sincera gratidão por sua participação e significativa contribuição para a Escrita da Língua de Sinais - sistema SignWriting!

A organização.

Baixe o Livro em PDF - Alfabeto Internacional de SignWriting 2010 (Contendo 261 CMs)


Baixar o Livro em pdf - Inventário das novas CM para a escrita da Libras

Local

CAS/MA & UFMA - 65036-140, Rua Carlos Macieira, Alemanha, São Luís, Maranhão,

Organizador

Profº Rubens Almeida

O projeto “Escreva em Libras Maranhão” de autoria do Centro de Ensino de Apoio a Pessoa com Surdez – CAS Maranhão, foi idealizado e é coordenado pelo professor Rubens Almeida. Esta iniciativa originou-se da necessidade de implantar cursos da Escrita da Libras visando sanar a carência no estado do Maranhão, pois pouquíssimos dominam a escrita, e o acesso a ela se restringe aos graduandos dos Cursos de Letras Libras. Não obstante, o projeto em questão vai além de proporcionar cursos da modalidade escrita da Libras, pois tem o intuito também de disseminar a escrita e seu uso no nosso estado, ampliar e aprofundar pesquisas na área, produzir materiais didáticos, como livros e afins, vídeos aulas, dentre outras ações.