Seminário Estadual - Impactos Econômicos e Sociais da Covid-19 em Santa Catarina

Seminário Estadual - Impactos Econômicos e Sociais da Covid-19 em Santa Catarina

Faça sua inscrição
De 14 a 15 de setembro Todos os dias das 08h00 às 18h00
Florianópolis, SC UFSC - AUDITÓRIO DO CENTRO SÓCIO ECONÔMICO (CSE)

Sobre o Evento

Seminário Estadual - Impactos Econômicos e Sociais da Covid-19 em Santa Catarina 

BREVES NOTAS SOBRE A COVID-19

Os primeiros casos do novo coronavírus surgiram ainda no mês de dezembro de 2019 na província de Hubei, China. Em pouco tempo a doença se espalhou por todos os continentes e se transformou em um problema de saúde pública global. Diante desse cenário, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou, em 11.03.2020, a doença COVID-19 como pandemia, em função do aumento expressivo dos casos e da disseminação da mesma em praticamente todos os países do mundo. A definição de pandemia é utilizada quando uma doença infecciosa se espalha e afeta um grande número de pessoas em todo globo terrestre. Essa decretação de pandemia, na verdade, serve para alertar os chefes de Estados sobre a gravidade do problema.

No Brasil, segundo registros oficiais do Ministério da Saúde, o primeiro caso foi confirmado no dia 26.02.2020. Após o surgimento dos primeiros casos de transmissão comunitária ainda na primeira quinzena de março de 2020, ou seja, quando não era mais possível identificar o agente transmissor da doença, a pandemia passou a ganhar um destaque especial por parte das autoridades governamentais, tendo em vista a velocidade com que a mesma começou a se propagar por todas as regiões do país.

Santa Catarina teve o seu primeiro caso confirmado no dia 13.03.2020, sendo que quatro dias mais tarde haviam sete casos oficialmente registrados. Em poucos meses a doença se espraiou por todas as regiões do estado, sendo que no início de agosto de 2020 todos os 295 municípios do estado já tinham registrado a presença da doença. Atualmente, 1.812.370 pessoas já foram contaminadas pela COVID-19 no estado, sendo que 22.120 delas perderam a vida para a doença.

O NECAT E A PANDEMIA DA COVID-19

O Cenário pandêmico instigou a equipe de pesquisadores do NECAT-UFSC a elaborar, ainda no mês de março de 2020, um projeto de pesquisa para analisar os impactos econômicos e sociais da doença no estado de Santa Catarina. Tal pesquisa está em curso desde então, sendo que as atividades se desdobraram em quatro subprojetos específicos: a)Análise dos impactos da pandemia sobre as atividades econômicas, em especial nos setores da indústria, comércio e de serviços; b)Análise dos impactos sociais, especialmente nos temas do emprego, desemprego e nível de renda no estado de SC; c)Análise dos gastos públicos com a pandemia, bem como a situação das finanças estaduais diante do cenário pandêmico; d)Análise da evolução da pandemia no conjunto do estado de SC.

Após mais de dois anos de estudos contínuos, pretende-se socializar com diversos atores sociais catarinenses os principais resultados obtidos até o momento da realização do evento, considerando-se que a pandemia afetou drasticamente a trajetória do desenvolvimento econômico e social catarinense. Além disso, procura-se articular um debate mais amplo com diversos setores da sociedade catarinense sobre os impactos efetivos da pandemia no estado.

Ao longo dos últimos onze anos o NECAT foi se inserindo no debate catarinense, transformando-se em um importante centro acadêmico de referência para o conjunto da sociedade catarinense. Para tanto, foram desenvolvidas atividades e ações em diversos campos de atuação, destacando-se a produção acadêmica regular por meio de relatórios de projetos de pesquisa, artigos apresentados em congressos de âmbito estadual e nacional; publicações em diversas em revistas científicas; elaboração de Textos para Discussão (TD); publicação semestral ininterrupta desde 2012 da Revista eletrônica do NECAT, além da disponibilização eletrônica de um Banco de Teses, bem como de um conjunto variado de informações estatísticas sobre Santa Catarina. Outra atividade relevante são os tradicionais Seminários Semestrais do NECAT, atividade semestral que já se tornou uma referência nos debates sobre o desenvolvimento socioeconômico catarinense. Destaca-se que durante a pandemia foram realizados dois eventos que trataram exatamente da temática dos impactos da pandemia no estado de SC. Naquele momento, foram apresentados, de forma virtual, os resultados preliminares dos subprojetos de pesquisa anteriormente mencionados, os quais serão debatidos com maior profundidade no seminário estadual.

OBJETIVOS DO SEMINÁRIO ESTADUAL

O objetivo geral do seminário está relacionado a um grande número de objetivos específicos do Objetivo do Desenvolvimento Sustentável da ONU, uma vez que estarão sendo discutidas no evento as temáticas econômica e social do estado de Santa Catarina correlacionando-as às diretrizes de sustentabilidade econômica, social e ambiental defendidas pela ONU.

No caso particular do evento, as atividades programas procuram apresentar os principais resultados dos estudos desenvolvidos por pesquisadores do NECAT e outros sobre os impactos econômicos e sociais da pandemia em Santa Catarina. No primeiro caso, merecerão destaque os efeitos sobre as atividades agrícolas, industriais, comerciais e de serviços. Já no âmbito dos impactos sociais, serão discutidos o comportamento do mercado de trabalho, o nível de renda e a pobreza no estado a partir de março/20.

Para atender a esses objetivos, espera-se que o evento seja capaz de atingir os seguintes resultados específicos: 1)mobilizar uma parcela expressiva de segmentos sociais catarinenses para debater as consequências econômicas e sociais da pandemia; 2)apresentar e debater estudos específicos produzidos pelos diversos pesquisadores nas distintas áreas temáticas que farão parte da programação do evento; 3) à luz desses estudos e debates, sistematizar os principais desafios a ser enfrentados pela sociedade catarinense nos próximos anos, como legado da pandemia da Covid-19.

PÚBLICO-ALVO PREVISTO

Considerando-se a natureza do evento, espera-se a presença de um público-alvo bastante diferenciado. Por um lado, por se tratar de uma atividade acadêmica a ser realizada em uma instituição de ensino e pesquisa, espera-se uma grande presença da comunidade acadêmica da UFSC e externa à mesma, como tem sempre acontecido nos eventos promovidos pelo NECAT-UFSC.

Por outro, espera-se também a presença de dois importantes segmentos do público-alvo. O primeiro diz respeito às entidades de representações patronais e de trabalhadores do estado, enquanto o segundo se refere mais aos parceiros dos diversos órgãos públicos estaduais. Com isso, espera-se a presença de um público bastante diversificado, o que sem dúvida poderá contribuir para a qualificação das discussões e debates previstos na programação do evento.

INSTITUIÇÕES PARTICIPANTES

A organização do seminário estadual estará sob responsabilidade da equipe técnica do NECAT-UFSC. Todavia, o evento será realizado em conjunto com outras instituições acadêmicas do estado de Santa Catarina, cuja parceria já vem ocorrendo de longa data. Neste caso, destacam-se as equipes da UFFS, FURB, UNESC e UNOCHAPECÓ, além de colegas de todos os campi da UFSC em SC.

Além dessas instituições acadêmicas, deverão fazer parte das atividades específicas do evento as representações patronais do estado (Agricultura, Comércio e Indústria), bem como as representações dos trabalhadores desses mesmos setores. Por fim, também deverão estar presentes representantes dos órgãos estaduais de governo, como Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Secretaria do Trabalho e Assistência Social, Secretaria da Saúde, etc.

Programação

08h00 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR - SEMINÁRIO ESTADUAL NECAT/UFSC E FAPESC SOBRE COVID-19. Clicar no ícone + à direita. Seminário
Local: AUDITÓRIO CSE - UFSC

SEMINÁRIO ESTADUAL NECAT/UFSC E FAPESC SOBRE COVID-19

ANÁLISE DOS IMPACTOS ECONÔMICOS E SOCIAIS DA COVID-19 NO ESTADO DE SANTA CATARINA

PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR

DIA 14.09.2022

09h – Abertura Oficial com seguintes presenças:

Reitor da UFSC

Diretor do CSE

Presidente da FAPESC

Representante do Governo de Santa Catarina

Coordenador Geral do NECAT

09.30-11.30h – Palestra de abertura

A Covid-19 no Brasil e seu legado econômico e social

Palestrante: Marcio Pochmann

Prof. Instituto de Economia da UNICAMP

12-14h: Intervalo de almoço

14-18h: IMPACTOS ECONÔMICOS DA COVID-19 EM SC

14-15h:Impactos sobre Indústria Catarinense

Expositor: Matheus Rosa – NECAT

Debatedor: Representante da FIESC

15-16h:Impactos sobre o Comércio Catarinense

Expositor: Guilherme Razzini – NECAT

Debatedor: Representante da FECOMÉRCIO e da FECESC

16-17h:Impactos sobre o setor de Serviços

Expositor: Lauro Mattei – NECAT

Debatedor: Representante da SDE-SC

17-18h:Impactos sobre a Agropecuária Catarinense

Expositor: Representante do CEPA-EPAGRI

Debatedor: Representante da FETAESC





DIA 15.09.2022

08-12h: IMPACTOS SOCIAIS DA COVID-19 EM SC

08-08.30h-O comportamento do emprego formal catarinense durante a pandemia

Expositor: Victor Hugo Azevedo Nass e Andrei Paula e Silva – NECAT

08.30-09h-Os impactos da Covid-19 sobre o emprego e a renda dos catarinenses

Expositor: Vicente L. Heinen – NECAT

09-09.30h-A evolução da pobreza no estado de Santa Catarina durante a pandemia

Expositor: Lauro Mattei – NECAT

09.30-10.30h – Comentários dos debatedores

José Álvaro de Lima Cardoso – DIEESE-SC

Representante da Secretaria de Desenvolvimento Social de SC

10.30-12h-Discussão geral sobre as condições sociais em SC diante da pandemia

Coordenação: Lauro Mattei - NECAT

12-14h: Intervalo de almoço

14-16h-Discussão geral entre participantes sobre a Covid-19 em Santa Catarina

Coordenação: Lauro Mattei- NECAT

16-17h-Síntese Final e encaminhamentos

Coordenação: Lauro Mattei – NECAT

Será obrigatório a inscrição prévia e o uso de máscara.

Local

UFSC - AUDITÓRIO DO CENTRO SÓCIO ECONÔMICO (CSE) - 88040-380, Rua Roberto Sampaio Gonzaga, Trindade, Florianópolis, Santa Catarina,

Organizador

Equipe NECAT

Apoio: FAPESC - CSE