Software Freedom Day - Salvador

Software Freedom Day - Salvador

Faça sua inscrição
Sábado, 21 de setembro de 2019 Das 09:00 às 18:00
Salvador, BA Faculdade de Tecnologia e Ciências, Salvador - Campus Paralela

Sobre o Evento

O Software Freedom Day (SFD) é uma celebração mundial anual do Software Livre. O SFD é um esforço de educação pública com o objetivo de aumentar a conscientização sobre o Software Livre e suas virtudes e incentivar seu uso.

O Software Freedom Day foi criado em 2004 e foi observado pela primeira vez em 28 de agosto daquele ano. Cerca de 12 equipes participaram do primeiro Dia da Liberdade de Software. Desde essa época, cresce em popularidade e todos os anos, temos mais de 300 eventos organizados por mais de 100 cidades do mundo.

Palestrantes

  • Cleber Brito
  • Cristiano Furtado
  • José Elias Moreira
  • Aurélio Adnauer Heckert
  • Ka Menezes
  • Pedro Kislansky
  • Vitor Pizarro

Programação

09h20 - Pedro Kislansky, Vitor Pizarro Inserção de pessoas no mercado de trabalho de TI Palestra
Local: Auditório

Projeto inovador de capacitação e inserção de pessoas no mercado de trabalho de TI. Oportunidade para recolocação no mercado, atualização de conhecimentos e primeiro emprego.

10h00 - Ka Menezes Nem só de cervejas vivem os hackerspaces Palestra
Local: Auditório

Vamos falar sobre espaços tecnológicos comunitários conhecidos como hackerspaces, a partir de um viés educativo embasado na ética dos hackers.

11h00 - José Elias Moreira Será que da jogo? Ansible, AWS e Terraform? Palestra
Local: Auditório

Nesta conversa será demonstrado o funcionamento do Terraform junto com Ansible para provisionar infraestrutura e aplicação via código no provedor de cloud AWS. Será demonstrado a configuração de AWS VPC , EC2, Security Group, Subnet, Internet Gatrway dentre outros e o deploy de um servidor web.

14h00 - Cleber Brito Uso de softwares open source em estudos relacionados às redes veiculares AD HOC Palestra
Local: Auditório

Que a utilização de software livre na ciência não é mais novidade todo mundo sabe. Mas que tal a gente dá uma espinhadinha e ver um caso real de perto?

Nesta talk vamos falar sobre como softwares open source têm sido utilizado em estudos relacionados às redes veiculares ad hoc. Estas redes permitem que os veículos troquem informações, como posição e velocidade entre si, sem depender de um suporte de infraestrutura fixa.

Será apresentado o PRISM. Este verificador de modelos probabilísticos leva a chancela, Licença Pública Geral GNU.

Algumas perguntas que podem ser respondidas com esta ferramenta: Dado um canal de comunicação com perda de pacotes, qual a probabilidade de confiarmos que a informação está correta? Ou como a latência em uma rede pode influenciar na comunicação entre dispositivos?

15h00 - Cristiano Furtado Vivemos do Software Livre? SIM! Palestra
Local: Auditório

Uma palestra onde iremos abordar como o mundo vive e depende do Software Livre. Como as gigantes se aliaram e atuam hoje nesse mercado aberto.

16h00 - Aurélio Adnauer Heckert o Software Livre, o Open Source e a Ética Palestra
Local: Auditório

Qual é a diferença entre SL e OSS? Um breve histórico dos termos e o cordão umbilical. O que isso tem a ver com ética?

Local

Faculdade de Tecnologia e Ciências, Salvador - Campus Paralela - 41720-200, Avenida Luís Viana, Nº 8812, Paralela, Salvador, Bahia,

Organizador

Projeto Software Livre Bahia

O Projeto Software Livre Bahia (PSL-BA) é um movimento aberto que busca, através da força cooperativa, disseminar na esfera estadual os ideais de liberdade difundidos pela Fundação Software Livre (FSF), possibilitando assim a democratização do acesso a informação, através dos recursos oferecidos pelo Software Livre. Esta busca tem seus alicerces fundados na colaboração de todos, formando um movimento sinérgico que converge na efetivação dos ideais de Liberdade, Igualdade, Cooperação e Fraternidade.

O Projeto Software Live Bahia é formado pela articulação de indivíduos que atuam em instituições publicas e privadas, empresas, governos ou ONGs, e demais setores da sociedade. Além disso o projeto não é subordinado a qualquer entidade ou grupo social, e não estabelece nenhuma hierarquia formal na sua estrutura interna.