VI Simpósio Nacional: O Lugar do Contestado na História do Brasil

VI Simpósio Nacional: O Lugar do Contestado na História do Brasil

Faça sua inscrição
De 19 a 22 de outubro Todos os dias das 09h00 às 20h30
Evento online O link do evento ainda não foi informado

Sobre o Evento

O Grupo de Investigação sobre o Movimento do Contestado (GIMC, do Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq) convida pesquisadores(as), professores(as) e estudantes (de graduação e pós-graduação) a participar do VI Simpósio Nacional. O evento tem como finalidade a análise e o debate a respeito de novas fontes e abordagens sobre a vida, a história e os conflitos ligados ao movimento social do Contestado, sob os pontos de vista social, econômico, ambiental, cultural e religioso. Desejamos envolver participantes da área de História e das Ciências Humanas, incluindo os estudos nos campos literários e artísticos. O Simpósio compreenderá o estudo não apenas de episódios ligados à Guerra do Contestado, mas também à vida e tradições das populações do planalto meridional, ao extenso território ligado à tradição do monge João Maria (como nos planaltos do Rio Grande do Sul e do Paraná). No mesmo sentido, o evento estimulará a inscrição de estudos sobre movimentos sócio-religiosos ocorridos no Brasil, como Muckers, Monges Barbudos, Canudos, Juazeiro, Pau de Colher, Santa Dica, Caldeirão e outros. Entre as abordagens desejadas, além da pesquisa sobre novas fontes e acervos especializados, compreendendo fontes documentais, orais, fotográficas e memorialísticas, uma ênfase será dedicada à reflexão sobre o Contestado no ensino de História e as disputas na Memória Pública. Pesquisas sobre a participação de populações indígenas e negras nestes movimentos deverão ter espaço especial na programação.

__

As inscrições se darão nas modalidades de comunicação de texto integral (de 15 a 20 páginas), para profissionais e estudantes de pós-graduação, e a modalidade de apresentação de banners, para estudantes de graduação. As inscrições são gratuitas para todas as categorias de participantes.

Em função da pandemia, que resulta na impossibilidade de um evento presencial, o VI Simpósio Nacional "O Lugar do Contestado na História do Brasil" será realizado por videoconferências em modo remoto. Para tanto, reescalonamos os prazos de inscrição e envio de textos e áudios.

Os resumos já enviados até 31 de julho de 2020 não precisam realizar nova inscrição, apenas necessitam seguir os prazos finais.

Cronograma e Inscrições:

Até dia 4 de setembro de 2020 – Inscrição de resumos de comunicações para pós-graduandos, profissionais e banners de graduandos (informando nome completo, co-autoria ou orientação, quando for o caso, Instituição, endereço, RG e CPF) em resumos com até 15 linhas com título e três palavras-chave. Os resumos e dados solicitados deverão ser colocados seguindo as instruções abaixo.

Até dia 15 de setembro de 2020 – Homologação dos trabalhos inscritos e envio de Cartas de Aceite.

Até dia 10 de outubro de 2020 – Envio de áudios\vídeos com comunicação completa (instruções detalhadas das comunicações e textos finais seguirão com Carta de Aceite).

Até dia 15 de outubro de 2020 – Envio dos textos completos das comunicações pelos autores ao mesmo e-mail de inscrição.

De 19 a 22 de outubro de 2020 – Realização do VI Simpósio Nacional sobre o Contestado: o lugar o Contestado na História do Brasil, por videoconferência em plataforma que será informada na Carta de Aceite e divulgada nas redes sociais.

--

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO

Formatação do Trabalho completo:

1. Título: No máximo 10 palavras.

2. Autoria: Nome completo, trazendo, em nota de rodapé referências (instituição de origem, titulação, programa de pós-graduação a que está ligado e agência financiadora, quando for o caso, e e-mail para contato).

3. Resumo e palavras-chaves: os mesmos apresentados na inscrição inicial;

4. Extensão do texto: O artigo deve entre 10 e 20 páginas, incluindo referências bibliográficas e imagens, fonte Times New Roman, 12, espaço 1,5;

5. Citações: As citações com até três linhas devem constar entre aspas, no corpo do texto. Citações com mais de três linhas devem ser recuadas, sem aspas e espaço 10, com recuo esquerdo (2,0). As referências das mesmas devem constar no corpo do texto (e não em nota de rodapé ou nota de fim), entre parênteses, no modelo autor –data, indicando sobrenome do autor, data de publicação e páginas citadas (por exemplo: LONER, 2001, p. 330).

6. Notas de rodapé: Quando necessárias, devem ter apenas caráter explicativo e/ou aditivo. Devem ser numeradas sequencialmente em espaço simples, Times New Roman, 9. Caso nas notas de rodapé houver referências bibliográficas estas devem seguir o modelo autor-data.

7. Tabelas: No caso de utilização de tabelas, elas devem ser digitadas seguindo a formatação de Tabela do Word.

8. Imagens: As imagens devem ser anexadas no corpo do texto, respeitado o local de sua inserção pelo autor. Devem estar em formato JPEG ou TIF, escaneadas em 300 DPI.

9. Referências bibliográficas: Respeitando as regras correntes da ABNT, devem vir ao final do texto em ordem alfabética do autor.

10. O artigo enviado ao VI Simpósio deve ser inédito no país e sua remessa indica que o autor concorda com a cessão dos direitos autorais para a publicação em conjunto dos trabalhos pela Comissão Organizadora.

11. A Comissão Organizadora selecionará os artigos para futura publicação em livro.

OBS: solicita-se aos autores uma criteriosa revisão de português.

Programação

09h00 Mesa 1 - Universo religioso e práticas de Cura no Planalto Apresentação Oral
Local: https://meet.google.com/kam-fjoy-tmr

COMUNICAÇÕES

Tradição e história de uma devoção católica no norte peruano (Santíssima Cruz de Chalpón) - Alexandre Karsburg

João Maria de Agostini e a Tadição dos Padres do Deserto - Cleber Duarte Coelho

O lugar da “Guerra da Pitanga” na história dos movimentos sociorreligiosos: um monge entre indígenas Kaingang em 1923, Paraná - Grazieli Eurich

Diálogos entre as práticas populares de cura entre o Monge João Maria e o Frei Rogério na Região do Contestado - Josiane Suelen Kamin

As comunicações ocorrerão via Google Meet. Requisitamos que os ouvintes entrem nas salas com microfones e câmeras fechadas. Eventuais perguntas poderão ser feitas via chat, digitadas, quando requisitadas pelo moderador do debate. Pedimos que os apresentadores acessem as salas 10 minutos antes do início das comunicações para organização.

LINK PARA O GOOGLE MEET: https://meet.google.com/kam-fjoy-tmr

09h00 Mesa 2 - O passado revisitado: historiografia e tradições intelectuais Premiação
Local: https://meet.google.com/vnn-cuzt-vcz

COMUNICAÇÕES

Não tivemos outro jeito, ou morríamos ou nos defendíamos: analisando a Batalha do Irani (1912) - Gabriel Carvalho Kunrath

Transformações na historiografia do Contestad - Paulo Pinheiro Machado

O poeta e o historiador: reflexões sobre linguagem, messianismo e fonte histórica na obra "O último jagunço", de Euclides Felippe - Rui Bragado Sousa

O pedido de habeas corpus de Deocleciano Martyr a favor de Chico Venuto Baiano - Ana Crhistina Vanali

Guerra e ordem pública nos tempos do Contestado: um debate conceitua le político - Eduardo Rizzatti Salomão

O papel da Guerra do Contestado na geografia brasileira: o negligenciamento do tema e a formação territorial - Nilson Cesar Fraga

As comunicações ocorrerão via Google Meet. Requisitamos que os ouvintes entrem nas salas com microfones e câmeras fechadas. Eventuais perguntas poderão ser feitas via chat, digitadas, quando requisitadas pelo moderador do debate. Pedimos que os apresentadores acessem as salas 10 minutos antes do início das comunicações para organização.

LINK PARA O GOOGLE MEET: https://meet.google.com/vnn-cuzt-vcz

Cerimônia Abertura e conferência com o Prof. Pedro Lima Vasconcellos

19:00h - Conferência de abertura

 

19:30h - “O mundo do Contestado visto desde o Belo Monte de Antônio Conselheiro: entre afinidades e confrontos” - Conferência de Abertura com o Prof. Pedro Lima Vasconcellos (UFAL)

 

A conferência ocorrerá por meio de live disponibilizada no horário mencionado no canal VI - Simpósio Constestado

LINK PARA O CANAL: encurtador.com.br/jBJNW

Às19h00- encurtador.com.br/jBJNW
09h00 Mesa 3 - Insurgências religiosas e lutas políticas na República Premiação
Local: https://meet.google.com/tui-hnce-hgn

COMUNICAÇÕES

Peregrinos e demonófobos: uma nova proposta de interpretação sobre o movimento messiânico-milenarista de Pau de Colher (Casa Nova, Sertão da Bahia, 1934-1938) - Filipe Pinto Monteiro

Religiosidade Cabocla no Contestado: desvendando a Santa Religião - Márcia Janete Espig

Da Baviera à Goiás: uma análise comparativa da ação da Congregação Redentorista nos movimentos Louise Beck e Santa Dica entre 1846 e 1925 - Robson Rodrigues Gomes Filho

“Desgraçado o nosso tempo...”: apocalipsismo, messianismo e milenarismo em escritos publicados em tempos de viragem (Portugal e América portuguesa, 1789-1824) - Vanderlei Marinho Costa

Santa Dica de Goiás: poder, perseguição e mulheres - Lilian Marta Grisolio

O monge e o beato: a memória histórica nas narrativas sobre o contestado e o caldeirão - Lemuel Rodrigues da Silva

As comunicações ocorrerão via Google Meet. Requisitamos que os ouvintes entrem nas salas com microfones e câmeras fechadas. Eventuais perguntas poderão ser feitas via chat, digitadas, quando requisitadas pelo moderador do debate. Pedimos que os apresentadores acessem as salas 10 minutos antes do início das comunicações para organização.

LINK PARA O GOOGLE MEET: https://meet.google.com/tui-hnce-hgn

09h00 Mesa 4 - Conflitos agrários e disputas territoriais Premiação
Local: https://meet.google.com/cdt-ytbd-gpr

COMUNICAÇÕES

A relação sociedade-natureza no Contestado: reflexões a partir dos processos de formação territorial - Diane Daniela Gemelli

Intrusões no Oeste Catarinense: o caso da Fazenda Faxinal do Tigre - Leticia Maria Venson

No limiar da fronteira: luta pela terra e direitos de propriedade no Território Federal do Iguaçu 1943-1946 - Viviani Poyer

Uma fronteira complexa: as “terras contestadas” e a formação do Sul do Império do Brasil (1841-1889) - Francimar Ilha da Silva Petroli

Estes índios necessitam da paz: George Bleyer e seus estudos sobre as populações indígenas na região do contestado - Eloi Giovane Muchalovski e Flávio Wiik

As comunicações ocorrerão via Google Meet. Requisitamos que os ouvintes entrem nas salas com microfones e câmeras fechadas. Eventuais perguntas poderão ser feitas via chat, digitadas, quando requisitadas pelo moderador do debate. Pedimos que os apresentadores acessem as salas 10 minutos antes do início das comunicações para organização.

LINK PARA O GOOGLE MEET: https://meet.google.com/cdt-ytbd-gpr

14h00 Mesa de Banners e Iniciação Científica Premiação
Local: https://meet.google.com/eor-hhss-jgr

COMUNICAÇÕES

Das asas do avião a caneta do jornalista: Ricardo Kirk e sua trajetória - Caio Baracuhy

A Guerra do Contestado entre pigmento e água: Uma breve análise do uso da luz nas obras de Márcia Schuler - Flávia dos Santos Mattos

Humor e conflito: o discurso do O Malho sobre a Guerra do Contestado - Lucas Vieira Duque

A bandeira e sua cruz: proteção, vida e renascimento - Marcelo Eduardo Viotto Ignez

Guerrado Contestado: Quando nomear é impor a perpetuação da violência - Sandro Luiz Bazzanella e Bárbara Karoline Bolduan Stachechen

As comunicações ocorrerão via Google Meet. Requisitamos que os ouvintes entrem nas salas com microfones e câmeras fechadas. Eventuais perguntas poderão ser feitas via chat, digitadas, quando requisitadas pelo moderador do debate. Pedimos que os apresentadores acessem as salas 10 minutos antes do início das comunicações para organização.

LINK PARA O GOOGLE MEET: https://meet.google.com/eor-hhss-jgr

Conferência com o Prof. Daniel Luciano Gevehr

19:00h - “O protagonismo feminino no messianismo no extremo sul do Brasil: uma análise sobre Jacobina Mentz Maurer” - Prof. Daniel Luciano Gevehr (FACCAT)

 

A conferência ocorrerá por meio de live disponibilizada no horário mencionado no canal VI - Simpósio Constestado

LINK PARA O CANAL: encurtador.com.br/jBJNW

Às19h00- encurtador.com.br/jBJNW
09h00 Mesa 5 Contestado e História Pública: conexões com o ensino de história Premiação
Local: https://meet.google.com/nkg-kjwh-bav

COMUNICAÇÕES

“Guerra Santa Cabocla”: RPG como ferramenta no ensino da História da Guerra do Contestado (1912-1916) - Christian Yuri Machowski

A Guerra do Contestado através do samba-enredo 100 Anos da Insurreição Xucra, da Protegidos da Princesa (2012): usos do passado e o Ensino de História - Fabiolla Falconi Vieira

Relíquias do Contestado: a produção de um material didático sobre a guerra sertaneja - Felipe Augusto Werner dos Reis

Quando o corpo fala – ensino de história e produção de presença sobre a Guerra do Contestado - Rogerio Rosa

Documentário "Águas Santas" uma proposta pedagógica transdisciplinar sobre a identidade coletiva do Contestado - Eduardo do Nascimento

As comunicações ocorrerão via Google Meet. Requisitamos que os ouvintes entrem nas salas com microfones e câmeras fechadas. Eventuais perguntas poderão ser feitas via chat, digitadas, quando requisitadas pelo moderador do debate. Pedimos que os apresentadores acessem as salas 10 minutos antes do início das comunicações para organização.

LINK PARA O GOOGLE MEET: https://meet.google.com/nkg-kjwh-bav

09h00 Mesa 6 - Estruturas de poder e repressão Premiação
Local: https://meet.google.com/bpt-yezv-hfh

COMUNICAÇÕES

“Cangaceiros de Farda”: a atuação política dos oficiais da Força Pública no sertão do Ceará da Primeira República - Carlos Henrique Moura Barbosa

A caligem do epílogo da guerra: Os caboclos entre as páginas dos autos na vila de Curitibanos - João Felipe Alves de Morais

Processo de criminalização do Contestado: Os caboclos e a justiça dos homens. - Milliann Carla Strona de Godoy Rocha

Aspectos da Trajetória do Vaqueano Pedro Ruivo - Diego Gudas

A urgência de uma ética do testemunho para que a barbárie da Guerra do Contestado não se repita - Danielly Santos e Sandro Bazzanella

As comunicações ocorrerão via Google Meet. Requisitamos que os ouvintes entrem nas salas com microfones e câmeras fechadas. Eventuais perguntas poderão ser feitas via chat, digitadas, quando requisitadas pelo moderador do debate. Pedimos que os apresentadores acessem as salas 10 minutos antes do início das comunicações para organização.

LINK PARA O GOOGLE MEET: https://meet.google.com/bpt-yezv-hfh

09h00 Mesa 7 - Quando as imagens falam: artes plásticas e fotografia no Contestado Premiação
Local: https://meet.google.com/tfo-cqem-bij

COMUNICAÇÕES

A Expedição Mesquita nas páginas da Revista Kodak: legendas, narrativas, relatos e reportagem fotográfica - Delmir José Valentini e Gerson Witte

Diálogos estéticos entre imagem e história: Uma aproximação à Guerra Sertaneja do Contestado pelas aquarelas de Manih - Rita Inês Petrykowski Peixe, Márcia Schüler e Analice Dutra Pillar

Sobre o método histórico: o uso de fotografias e as representações acerca dos caboclos nas teses do contestado - Vanderlei Cristiano Juraski

A região do Contestado nas fotografias de August Suiter: o rural, o cotidiano e a ferrovia (1907 – 1911) - Luiz Carlos da Silva

As comunicações ocorrerão via Google Meet. Requisitamos que os ouvintes entrem nas salas com microfones e câmeras fechadas. Eventuais perguntas poderão ser feitas via chat, digitadas, quando requisitadas pelo moderador do debate. Pedimos que os apresentadores acessem as salas 10 minutos antes do início das comunicações para organização.

LINK PARA O GOOGLE MEET: https://meet.google.com/tfo-cqem-bij

Palestra com o Prof. Francisco Régis Lopes Ramos

19:00h - “A comunidade do Caldeirão” - Palestra com o Prof. Francisco Régis Lopes Ramos (UFC)

 

A palestra ocorrerá por meio de live disponibilizada no horário mencionado no canal VI - Simpósio Constestado

LINK PARA O CANAL: encurtador.com.br/jBJNW

Às19h00- encurtador.com.br/jBJNW
09h00 Mesa 8 - A Guerra contínua: conflitos e política no pós-Contestado Premiação
Local: https://meet.google.com/jto-ahju-tmm

COMUNICAÇÕES

A Lumber Company e as disputas políticas no pós-Contestado - Alexandre Assis Tomporoski

Primórdios do Tenentismo: o Levante de abril de 1922 - Cristina Dallanora

Conflitos agrários no Pós-Contestado: O Movimento dos Alonsos (Timbó Grande, 1942) - Evelyn Bueno

O movimento pelo estado das missões: um olhar sobre o coronelismo no contestado - Gabriel Goulart Barboza

No leito do rio: balseiros e o transporte de madeira na região Oeste de Santa Catarina - Precila Kátia Moreira

As comunicações ocorrerão via Google Meet. Requisitamos que os ouvintes entrem nas salas com microfones e câmeras fechadas. Eventuais perguntas poderão ser feitas via chat, digitadas, quando requisitadas pelo moderador do debate. Pedimos que os apresentadores acessem as salas 10 minutos antes do início das comunicações para organização.

LINK PARA O GOOGLE MEET: https://meet.google.com/jto-ahju-tmm

09h00 Mesa 9 - Patrimônio, memória e identidade Premiação
Local: https://meet.google.com/ycm-kxfe-aho

COMUNICAÇÕES

O discreto encanto do cemitério polonês no Contestado: Identidade, pertencimento e patrimonialização - Alcimara Aparecida Foetsch

Conciliação ou apagamento? Disputas de Memória sobre a “Vala dos 21” e a Batalha do Irani - Gabriel Carvalho Kunrath e Márcia Espig

Da derrota e morte na batalha do Irani (1912) ao culto a João Gualberto: O heroísmo como missão - Ana Paula Motta

As memórias do Contestado e os museus: qual história contar? - Letíssia Crestani

Repertórios de ação e organizações sociais no Território Contestado - João Cláudio Casara

Guerra do Contestado: quando nomear é impor a perpetuação da violência - Sandro Bazzanella e Bárbara Karoline Bolduan Stachechen

As comunicações ocorrerão via Google Meet. Requisitamos que os ouvintes entrem nas salas com microfones e câmeras fechadas. Eventuais perguntas poderão ser feitas via chat, digitadas, quando requisitadas pelo moderador do debate. Pedimos que os apresentadores acessem as salas 10 minutos antes do início das comunicações para organização.

LINK PARA O GOOGLE MEET: https://meet.google.com/ycm-kxfe-aho

Mesa: “O lugar de escuta: o Contestado e o Ensino de História no Brasil” e cerimônia de encerramento.

19:00h - Mesa: “O lugar de escuta: o Contestado e o Ensino de História no Brasil” -  Profs. Arthur Luiz Peixer (Rio das Antas)Rosecley Golinski Nogueira (Fraiburgo) Hellen Heine Barreto Ferreira (Lebon Régis) Mateus Henrique Torcatto (Videira)

 

21:00h. Cerimonia de encerramento

 

A atividade ocorrerá por meio de live disponibilizada no horário mencionado no canal VI - Simpósio Constestado

LINK PARA O CANAL: encurtador.com.br/jBJNW

Às19h00- encurtador.com.br/jBJNW

Apoiadores

Organizador

Grupo de Investigação sobre o Movimento do Contestado - GIMC

Coletivo de Pesquisadores registrado nos Diretórios de Pesquisa do CNPQ, contando com pesquisadores de oito Universidades dos três estados do sul do Brasil