3ª Mostra ObservaCampos

ACESSE AQUI AS TRANSMISSÕES DO EVENTO

APRESENTAÇÃO DO EVENTO

A 3ª Mostra ObservaCampos “ImaginAções em Políticas e Ambiente para um Mundo Pós-Pandêmico” é uma ação diferente, ousada, pois não será presencial, mas esse é só mais um desafio para a Unidade Hortênsias, pioneira em novas propostas dentro da UERGS.

Sob o prisma da relação entre Ambiente e Sustentabilidade, o ano de 2020 é um marco, o vigésimo aniversário da Carta da Terra. A Carta da Terra formaliza um pacto entre nações que reconhece a corresponsabilidade da comunidade terrena pelo cuidado do planeta, diante da percepção de um destino comum - um futuro ao mesmo tempo perigoso e potencialmente promissor. Uma avaliação desta trajetória de duas décadas certamente apontaria para o quanto ainda precisamos caminhar para a construção de uma comunidade sustentável global, ancorada no respeito à natureza, aos direitos humanos e na promoção de justiça socioambiental, bem como no fomento de uma cultura de paz. Essa necessidade se torna ainda mais explícita com o advento, neste mesmo ano, de uma epidemia global, acentuada pelos efeitos de um desequilíbrio há décadas denunciado pelos Movimentos Ambientalistas. A pandemia expressa relativização das fronteiras se apresentando como ameaça global pela qual somos todos igualmente atingidos, mas impactados de diferentes formas em função das desigualdades e injustiças abissais que caracterizam nossa vida em sociedade. O cenário pandêmico ora instalado nos convida a reflexões profundas sobre nosso modo de viver, induz uma série de novas disposições na organização da vida cotidiana e sugere, de forma contundente, que novos pactos precisam ser firmados. Ao discutir sobre a formação da esfera pública, Charles Taylor defende que esta nasce de um espaço comum construído nos processos das interações e comunicações cotidianas entre as pessoas. Define esse espaço como algo que só pode existir como um espaço imaginado coletivamente como tal, a partir dos modos pelos quais imaginamos nossas existências sociais e as nossas mais profundas expectativas em constante ajuste com as outras existências que nos circundam - sejam elas humanas ou não humanas. Tempos atuais expressam a urgência dos encontros, ainda que virtuais, e da ImaginAção de outras possibilidades de habitar o mundo, através de espaços de diálogo e partilha. A Universidade toma parte neste movimento, abrindo este espaço de reflexão e divulgação de ações de ensino, pesquisa e extensão, por meio das linguagens das ciências e da arte.

Em recente diálogo com Ailton Krenak, sobre o fim do mundo e outros mundos possíveis, Suely Rolnik traz a ideia de que nós somos fecundados por palavras, gerando embriões de mundo, de futuro, produzindo um estado de “esquisitice”, pois passamos a estar habitamos por algo sem palavras e sem imagens - uma força. O que acontece quando vivemos esse estado é que o desejo é convocado para agir no sentido de recuperar o equilíbrio, enquanto algo já habita o nosso corpo, precisando germinar. O desejo busca conexões para realizar modos de vida possíveis e pulsantes.

É a partir desta convicção que a 3ª Mostra ObservaCampos convida para a cocriação de horizontes de sentido capazes de aproximar a diversidade das experiências humanas, para a imaginação coletiva de um mundo pós pandêmico para o qual nosso desejo aponta e para onde direcionamos nossos projetos e ações, com mãos, corações e mentes.

Palavras-chave: Ciência. Universidade. Educação. Política. Ambientes. Cocriação.

Leia mais... →

LOCAL DO EVENTO

Evento online
Link: https://www.youtube.com/channel/UCMFJI3TnGEZGorGrFOn2TFg