Eventos Online

Aprenda como planejar um curso online de sucesso em 7 passos!

Escrito por: Aline Braz

“Como planejar um curso online?” tem sido uma pergunta frequente entre muitos organizadores que só agora estão conhecendo o universo online. Até porque esse tipo de evento, que já tinha seu espaço no mercado, passou a ser ainda mais valorizado neste último ano de tantas mudanças!

Seja como uma estratégia de divulgação para captação de novos contatos, ou como o produto digital final a ser oferecido, os cursos online têm muito potencial a ser explorado. Por isso, neste texto vamos falar sobre  como planejar um curso online, colocá-lo no ar, além de várias dicas para fazer as melhores escolhas e seu curso online ser um sucesso, claro!

Como planejar um curso online em 7 passos?

Pode até parecer que existe um segredo ou uma fórmula mágica de como planejar um curso online. Mas, a verdade é que não há mistério nessa história e sim, muito trabalho e organização! 

Presta atenção no passo a passo abaixo que você vai entender! 

1- Escolha tema

O tema do seu evento deve ser o ponto de partida do planejamento do seu curso. Saber o que deseja comunicar é essencial! A partir daí passamos a pensar no “para quem?”, “como?”, “onde?”, “quando?”, “quanto cobrar?” e por aí vai!

Então, defina com clareza o objetivo do seu curso online e trabalhe sem perdê-lo de vista!

2- Defina o seu público-alvo

O “para quem?” é o segundo passo do seu planejamento. Para isso, pesquise e procure conhecer bem o seu público-alvo. É ele que vai direcionar a construção da jornada do seu curso, a metodologia para passar o conteúdo, a identidade visual, a linguagem, divulgação e duração.

Por isso, não pule essa etapa ou faça de qualquer jeito! Quanto mais detalhada e criteriosa for sua análise do perfil do seu público, mais assertiva serão suas ações e escolhas.

3- Construa a jornada do seu conteúdo 

Chegamos a etapa que exigirá mais tempo e dedicação em como planejar um curso online: a construção da jornada. Aqui que você vai definir a sequência lógica do conteúdo, os temas de cada módulo, o cronograma de aulas, escrever o roteiro e pensar, não só no conteúdo em si, mas na melhor maneira de compartilhá-lo.

Ah, uma importante decisão a ser tomada ainda aqui é se vai precisar de edição posterior ou se vai gravar como se a aula fosse ao vivo, e até mesmo se a aula será ao vivo e depois disponibilizada em formato de curso. 

Como já deve ter dado para perceber, são inúmeras as possibilidades que você tem para comunicar o seu conteúdo. A melhor escolha será sempre aquela que mais se adequa ao perfil do seu público, não esqueça!

  • Organize a sequência do seu conteúdo

De maneira geral você pode organizar todo o conteúdo do curso em: introdução, desenvolvimento e conclusão. Comece por assuntos mais introdutórios, com aulas mais curtas, para assim chegar à parte mais densa do conteúdo, até seguir para conclusão. E é muito importante que os participantes entendam esse percurso de forma intuitiva, pois assim fica mais fácil assimilar e compreender o que for ensinado.

  • Prepare e ofereça materiais complementares

Lembrando que quanto mais suporte e assistência você oferecer ao seu público, maiores as chances de uma experiência positiva! Se puder, disponibilize materiais complementares, como e-books, apresentação dos slides em PDF, links de conteúdos extras, links de vídeos e o que mais julgar importante. 

#DicaDoity: Para oferecer um pós-evento/curso ainda mais envolvente, você pode criar um grupo no Telegram, Whatsapp ou fóruns no Facebook, para promover discussões e compartilhar conteúdos complementares e exclusivos por lá!

  • Faça um roteiro das suas aulas!

Para facilitar a parte da gravação, você pode roteirizar toda a sua aula, que é escrever tudo o que você vai falar para a câmera antes de gravar. Inclusive, indico que você faça isso, pois ela ajuda a reduzir as chances de erros e a necessidade de regravações! 

Isso não quer dizer que você não possa improvisar ou que sua performance deva parecer “robótica”. O objetivo do roteiro é apenas garantir que o resultado saia o mais próximo do que foi planejado.

É ideal também que você já pense em todos os elementos que entrarão no vídeo para incluir neste documento, tais como: vinheta (elemento utilizado para separar seções, um tipo de abertura), textos com informações que expliquem, aprofundem, ou registrem algo que foi dito na aula, Gifs, vídeos e o que mais precisar. Isso vai te ajudar a não esquecer nada durante a gravação, como também direcionar o editor, caso seu vídeo passe por essa etapa.

E para te ajudar, separei abaixo uma lista do que pensar antes de partir para a gravação: 

  • Vai disponibilizar materiais complementares, como apostilas, documentos, apresentações em slides, links? 
  • Irá utilizar slides numa tela, enquanto fala, ou os slides serão colocados no vídeos depois, na edição?
  • Vai precisar mostrar algo prático durante as aulas? 
  • Será cobrada alguma tarefa ou entrega ao final de cada aula ou módulo? 
  • Como será avaliação desse material cobrado?
  • O evento será acessível (audiodescrição, tradução em Libras)? 

É muito importante pensar nesses fatores (e em outros que julgar importantes) o quanto antes, para evitar imprevistos depois de ter gravado todo o material e ter esquecido algum elemento essencial, por exemplo, que pode te gerar retrabalho e fazer você perder tempo e até investimento, o que é precioso!

4 – Luz, câmera, ação!

 Depois de planejar todo o conteúdo do seu curso, chegou a hora de definir os elementos da gravação. Questões de cenário, equipamentos para a gravação, iluminação e armazenamento de dados. 

Organizei abaixo mais uma lista para te ajudar. Dessa vez, deixei sugestões de equipamentos e cuidados que você precisa ter antes, durante e depois das gravações:

    • Escolha uma boa câmera, ou mais de uma, caso precise fazer diferentes ângulos. Você pode usar, sim, um celular, desde que ele garanta uma resolução de qualidade para os seus vídeos;
    • Invista em um tripé para assegurar a estabilidade das imagens do seu curso;
    • Cuidado com a captação do áudio! O ideal é gravar o áudio separado do vídeo, pois o áudio da câmera capta também os ruídos do ambiente. Para isso, você pode investir num microfone de lapela ou improvisar com um bom fone de ouvido mesmo;
    • Escolha um cenário neutro, que não tenha elementos que possam distrair os espectadores;
    • Não esqueça de escolher um local bem iluminado ou de investir em iluminação artificial, como uma Softbox ou um Ring Light. Se você optar pela luz natural, escolha os horários de maior claridade para fazer as gravações;
    • Sempre teste todos os equipamentos, como também confira as cargas das baterias e se o armazenamento de dados está com memória suficiente; 
    • Tenha extensões e adaptadores extras;
    • Leia e repasse todo o roteiro do vídeo antes de gravar! 

Caso precise editar os vídeos, você pode contratar alguém especializado ou  usar o Windows Movie Maker, que é um editor simples de usar, além de ser gratuito. Ou, se tiver disposto a aprender mais sobre edição, o Adobe Premiere Pro é mais profissional e não tão complicado de usar, na internet você encontra cursos e tutoriais. 

5- Escolha o local onde seu curso online ficará hospedado

como planejar um curso online

Outra escolha muito importante de como planejar um curso online, é a do local de hospedagem. Afinal, ela envolve questões de segurança e de qualidade! Nesse passo, você precisa pesquisar, testar e escolher o local que oferecer a melhor experiência, tanto para a organização, como, principalmente, para o participante.

Dê uma olhada nesses pontos antes de fechar parceria com alguma plataforma:

  • O ambiente é seguro?
  • Tem quedas frequentes no servidor?
  • O ambiente virtual é agradável e intuitivo para a navegação?
  • Oferece um espaço para o participante acompanhar seu desenvolvimento e aulas?
  • Dá suporte tanto ao organizador quanto aos participantes?
  • É possível ter autonomia para gerenciar todo o curso online? 

A Doity criou um espaço virtual ideal para cursos online: a Doity Play! Esse local é integrado à plataforma de gerenciamento. Ou seja, você consegue gerir as inscrições, fazer acompanhamento financeiro, gerenciar os afiliados do seu evento (vendedores dos seu curso), emitir certificados, criar um site para o seu curso e, o melhor, tudo de um só lugar e sem cobrar a mais por isso!

Quer saber mais sobre essa solução prática e segura? Então clica no banner abaixo e tire todas as suas dúvidas!

Doity Play: um jeito simples e seguro de transmitir seu evento online
Link exclusivo para transmissão
Transmissão via mobile
Chat para interação dos participantes

6- Defina estratégias de divulgação e vendas 

Você precisar definir estratégias de divulgação e vendas! Tenha em mente que você precisa facilitar o caminho do seu público até o seu curso. Para isso, faça pesquisas, veja quais os ambientes digitais seu evento precisa estar presente, como as redes sociais, para assim investir em campanhas de divulgação com mais chances de retornos positivos. 

Crie um site do seu evento, para passar informações, disponibilizar conteúdos e também para direcionar o público que vier das redes sociais. Essa ação é super válida e sempre dá resultados!

Utilize a estratégia de afiliados do seu evento! Afinal, ter vendedores exclusivos do seu curso, fazendo propaganda boca a boca, divulgando o link de inscrição em duas redes sociais e ganhando comissão a cada inscrição vendida. Essa estratégia vai te ajudar muito a aumentar as vendas! 

Além disso, pense em estratégias diferentes e em promoções. Podem ser descontos para grupos de pessoas, empresas ou faculdades, por exemplo, ou cupons de desconto para quem se inscrever até determinada data. O segredo aqui é não ter medo de ousar e ser criativo!

7- Não esqueça da emissão dos certificados!

Uma etapa muito importante do planejamento do seu curso online, e que não poderia ficar de fora, é a parte da emissão dos certificados. Afinal, esse documento é a comprovação de que o participante fez o seu curso online, e ele vai fazer questão de tê-lo assim que terminar.

E para evitar imprevistos e desconfortos nessa fase final do evento, o ideal é que a certificação seja preparada com antecedência, para que fiquem disponíveis assim que os participantes concluam o curso. Na Doity Play você consegue criar os certificados automaticamente a partir da lista do credenciamento, preparada através dos critérios que você mesmo define, como login, tempo de permanência e/ou interação durante o evento. 

Claro que você vai precisar de uma ferramenta para te ajudar a automatizar todo esse processo de preparo e envio. Por isso, avalie se a plataforma escolhida para hospedar seu curso online oferece esse suporte, pois facilita muito gerenciar todos os dados de um só lugar. 

E aí, depois de aprender como planejar um curso online, que tal fazer um evento teste agora na Doity? Clique aqui e veja como é mais simples do que você imagina criar o seu curso online e colocá-lo no ar!

Aline Braz

Aline Braz

Estudante de jornalismo, produtora de conteúdo, é do sítio, mas vive na cidade. Ama música, livros e viagens

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário

Newsletter

Entre para a nossa lista exclusiva e aprenda com os melhores conteúdos





Pin It on Pinterest