III Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas

Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS): dinâmicas e contribuições das organizações.

Este evento é destinado a pesquisadores e professores de ensino, pesquisa e extensão, estudantes de programas de pós-graduação, de graduação, educadores do ensino médio e fundamental, gestores de organizações privadas, agentes públicos e entidades públicas, instituições educacionais, da sociedade civil organizada e demais organizações e interessados nos Objetivos Globais.

Os Objetivos Globais, nominados de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecem diretivas no sentido de promover um olhar das nações contra a pobreza, a devastação dos recursos do planeta e mitigar danos ambientais e sociais. Nesse sentido, as Nações Unidas em 2015 propuseram 17 objetivos para o desenvolvimento sustentável, compreendendo temas acerca de mudança global do clima, desigualdade econômica, inovação, consumo sustentável, paz e justiça.

Como se vê, há uma agenda desafiadora a ser implementada pelos países, organizações institucionais dos âmbitos público e privado na proposição de políticas públicas, em relação ao ambiente de regulação e autorregulação como mecanismo controlador, nas organizações de ensino, pesquisa e extensão, com importante papel de difusão e investigação de ações socioambientais. Daí a necessidade de interconectividade entre programas, políticas e práticas, nos âmbitos internacional, nacional, regional e local.

Este evento, seguindo as diretrizes da ODS, entende que as organizações empresariais e não empresariais são agentes indutores de relevante importância para a diminuição da pobreza, governança democrática e construção da paz, mudança do clima e risco de desastres e desigualdade econômica (PNUD, 2020).

Sendo assim, o evento prioriza discussões concernentes a avanços temáticos teóricos e empíricos que aliam organizações com base nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS):

Objetivo 8: Emprego Digno e Crescimento Econômico: Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todas e todos, por meio de 12 metas.

Objetivo 9: Indústria, Inovação e Infraestrutura: Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação, por meio de 8 metas.

Objetivo 10: Redução das Desigualdades: Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles, por meio de 10 metas.

Objetivo 11: Cidades e Comunidades Sustentáveis: Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis, por meio de 10 metas.

São do interesse do evento:

a) Debater acerca da importância das organizações institucionais privadas, públicas e da sociedade civil para o desenvolvimento social, econômico e ambiental em níveis nacional, regional e local;

b) Discutir a legitimidade e reputação das organizações e estratégias por meio de práticas voluntaristas sociais e ambientais;

c) Promover discursos, dicotomias, posições críticas que questionam práticas socioambientais obrigatórias e voluntárias que visam atenuar desigualdades;

d) Avaliar políticas públicas, contribuição da inovação para a sustentabilidade ambiental das cidades e comunidades;

e) Refletir acerca de interesses difusos entre o crescimento econômico e o desenvolvimento sustentável igualmente integram os campos de discussões do evento.

Leia mais... →

LOCAL DO EVENTO

Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC - Avenida Universitária, Universitário, Criciúma - Santa Catarina